02 de dezembro de 2021
Campo Grande 30º 22º

Cene vence Ubiratan, mas perde Paulo Muller

A- A+

As quartas-de-final começaram quente em Mato Grosso do Sul. Dois visitantes se deram bem na casa dos adversários, e praticamente mataram o duelo. No Morenão, o Novoperário decepcionou a torcida e perdeu por 2 a 0 para o Águia Negra, enquanto o Cene não deu chances ao Ubiratan no Douradão e aplicou 3 a 0.

Em Três Lagoas, no estádio Madrugadão, o Misto saiu na frente do líder Naviraiense, com gol de Andradina, ainda no primeiro tempo. Já no segundo, Elsinho empatou para o Jacaré do Conesul, e joga o confronto de volta quarta-feira (19) com a vantagem do empate.

Já em Ivinhema, o time da casa aproveitou a força da torcida no estádio Saraivão e ganhou de 2 a 1 do Costa Rica. Os gols do Ivinhema foram de Renato e Edu Sales, enquanto Fabinho fez o dos visitantes. Na volta, em Costa Rica, o Ivinhema pode até empatar no Laertão que fica com a vaga.

Novoperário joga mal e Águia Negra amplia vantagem

O Águia Negra começou melhor e manteve a posse da bola no primeiro tempo, abrindo caminho para a classificação no primeiro tempo. Leandro Branco abriu o placar após falha do goleiro adversário, Victor, aos 43? da etapa inicial.

Logo em seguida, Marcelo Brás avançou e bateu de fora da área para encobrir Victor e ampliar o marcador. Muita festa no banco de reservas e protesto nas arquibancadas. Na etapa final, o Águia segurou o placar. O Novoperário ainda perdeu o treinador Rudney Lucas, expulso.

No próximo confronto – às 21 horas, no Ninho da Águia – o Novoperário vai precisar vencer por três ou mais gols de diferença em Rio Brilhante. Qualquer resultado inferior a esse classifica o Águia Negra à semifinal.

Cene para sensação douradense e pode perder por até 3 gols

O time que travou o Coritiba na quinta-feira (13) chegou com moral ao Douradão, e não feio. Parou o Leão da Fronteira e volta para Campo Grande com uma larga vantagem: pode perder por até três gols de diferença no Morenão que consegue a classificação, quarta-feira, às 20 horas.

Em Dourados, o Ubiratan sentiu os desfalques por lesão e também a parte física, que já chegou ao limite. Com apenas três minutos de bola rolando, Guilherme passou para Marcelo Tévez na grande área. O camisa 9 dominou e driblou o goleiro para abrir o placar.

Aos poucos, o Ubiratan foi se encontrando e deu trabalho ao Cene, que segurou o placar. Porém, no próximo ao fim do primeiro tempo, Wesley derrubou por trás no cenista Andrezinho e foi expulso. Na cobrança de falta, Dubinha foi certeiro ao cobrar rasteiro, por baixo da barreira.

No segundo tempo, o Cene continuou esperando o Ubiratan tentar criar jogadas para contra-atacar. E foi assim que, aos 25?, Guto levou para a linha de fundo e cruzou para Guilherme. O jovem artilheiro conseguiu dominar e bater para o gol, deslocando o goleiro do Leão.

Paulo Muller anunciou saída enquanto estava em Dourados

Uma notícia pegou a imprensa ‘no susto’: a saída do preparador física/treinador Paulo Muller do time. Após começar comandando o time no Estadual, classificando-se em segundo do Grupo A, com apenas uma derrota, foi substituído por Claudio Roberto, às vésperas da Copa do Brasil.

Muller retornou a função de preparador físico, mas neste domingo anunciou sua saída do time, onde ficou cerca de 10 anos. Ele retorna à Marília (SP), mas o motivo da saída ainda não foi confirmado, nem se será imediata ou ao término do campeonato.

MS Eporte Clube