10 de abril de 2021
Campo Grande 35º 20º

Registro

Furtos tem redução de 8% na Capital, apontam dados da segurança

O número furtos ocorridos em Campo Grande no primeiro semestre deste ano, se comparados com o mesmo período do ano passado caiu 7,7%. Os dados foram apresentados nesta semana pelo departamento de estatística da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

De janeiro a julho de 2015 foram registrados 9.659 furtos, enquanto no mesmo mesmo período desse ano foram 8.917 casos. Entre as ocorrências que apresentaram queda está o furto em residências, sendo registradas 2.765 ocorrências contra 2.707, o que significa uma redução de 2,1%, fazendo um comparativo com o mesmo período. Em relação ao furto de veículos os números também apresentaram uma queda 1,2% neste primeiro semestre, passando de 1.228 ocorrências para 1.213.

O secretário de Segurança Pública, José Carlos Barbosa, avalia o resultado como muito positivo, pois quando assumiu a pasta uma das missões dadas pelo governador Reinaldo Azambuja era de melhorar os indicadores de segurança, principalmente em relação aos casos de roubos e furtos.

“Mas que celebrar esse resultado, temos que buscar manter e melhorar ainda mais os índices. As operações para combater o crime na Capital serão cada vez mais intensificadas, pois estão sendo adquiridos mais armamentos, munições, novas viaturas, equipamentos de proteção, além da volta dos policias da reserva”, frisou o secretário.

O comandante do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), coronel Waldir Ribeiro Acosta, atribui essa redução também ao trabalho conjunto que vem sendo realizado pelo 1º, 9º e 10º batalhão, 6ª Companhia Independente, o 17º Batalhão de Trânsito (BPTRAN), além do apoio Grupo Especializado de Apoio com Motocicletas (Gecam) e dos alunos do Curso de Formação de Sargentos.

“As operações acontecem diariamente, com fiscalizações em bares e lanchonetes, além das blitz em pontos estratégicos. Acredito que com a chegada dos investimentos anunciados pelo governador Reinaldo Azambuja e o secretário, mais ações coordenadas serão desenvolvidas e os números irão reduzir ainda mais”, destacou o comandante.

De acordo com o setor de estatística da Sejusp, foram apreendidas neste primeiro semestre de 2016 na Capital, 214 armas de fogo e 19,5 toneladas de entorpecentes, foram recuperados ainda 1.028 veículos e 4.349 prisões foram efetuadas.