26 de julho de 2021
Campo Grande 34º 20º

ACIDENTE FATAL | INTERIOR

Guilherme 'mete' carro na contramão e mata Gilmar atropelado; sem ferimentos, autor foi liberado

O condutor da Montana não teve ferimentos. No registro, a polícia não informou se o carro do jovem também foi liberado. A polícia também ainda não informou se foi realizado o teste de bafômetro

A- A+

Gilmar Benites, de 45 anos, morreu atropelado às 5h30 da madrugada desta terça-feira (20.jul.21), na Avenida Marcelino Pires com Hiran Pereira de Matos, em Dourados (MS). O motociclista foi atingido por uma picape Montana conduzida por Guilherme Alencar de Meneses, de 21 anos.

Segundo a polícia, Guilherme e a vítima seguiam pela Avenida Marcelino Pires em direções opostas. O condutor da Montana vinha no sentido Leste-Oeste e fez a conversão proibida para entrar na Rua Hiran Pereira de Matos (na contramão), quando atingiu a moto atingiu a moto que foi arremessada sobre a calçada. Veja o cruzamento abaixo e mova o curso para entender - a vítima seguia para o bairro, pela Avenida, e o autor descia a Avenida sentido Centro e ao converter à esquerda matou o motociclista: 

Gilmar teve diversos ferimentos, chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu), mas teve parada cardiorrespiratória e morreu a caminho do Hospital da Vida.

LIBERAÇÃO – Apesar de confessar à polícia que fez a conversão que levou a morte de Gilmar, o jovem Guilherme foi liberado e a perícia não esteve no local.

A justificativa no boletim é de que o local “não estava preservado”. “Informo ainda que Guilherme não foi apresentado nesta Unidade Policial, e não foi acionado o Perito, haja vista o local não estar preservado. Nada mais”, diz o BO.

O condutor da Montana não teve ferimentos. No registro, a polícia não informou se o carro do jovem também foi liberado. A polícia também ainda não informou se foi realizado o teste de bafômetro no condutor da picape.   

O caso foi registrado como Homicídio Culposo na Direção de Veículo Automotor na Delegacia de Pronto Atendimento de Dourados (Depac).

PAI DE FAMÍLIA – Sandra Mara Cardoso, disse que o marido foi deixá-la em uma autoescola, onde trabalha, e voltava para casa no momento do acidente fatal. “(sic) Te amarei pra sempre meu Gordinho, sei que agora está sendo muito difícil e vai ser ainda mais difícil mais se Deus quiser um hora a gente se encontra outra vez, descanse em paz meu amor Gilmar Benites”, escreveu Sandra. 

O filho de Gilmar, Igor Matheus, fez um post no início desta noite em que se despede do pai. “(sic) Gilmar Benites pai meu herói eterno quero que olhe por min e continue me vigiando mesmo daí de cima e não me deixe falhar o senhor continuará sempre aqui no meu coração, estou em sem chão mas Deus sabe de tudo, sua partida é triste mas sei que não quer me ver chorar e sim vencer pois me criou pra ser um vencedor e te prometo que seus conselhos vão valer apena mesmo não estando mais aqui comigo e minhas irmãs #hojeoceuestaemfesta pai te amo imensamente”, escreveu.