18 de maio de 2021
Campo Grande 32º 19º

Polícia

Live musical inédita homenageia mulheres do Poder Judiciário de MS

A- A+

O encerramento da última semana de expediente do Poder Judiciário estadual trouxe uma homenagem inédita à força de trabalho feminina, por meio da live musical "Sou livre, sou luta, sou minha", em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. O evento foi realizado no pátio interno do Fórum Heitor Medeiros e transmitido ao vivo pelo canal do TJMS no Youtube e no Instagram. Inicialmente programada para março, a live precisou ser adiada por conta da retomada temporária ao teletrabalho, mas, mesmo já em abril, não deixou passar em branco essa data tão significativa, promovendo a comemoração no final da tarde da última sexta-feira (16).

Como atração musical, a jovem cantora Georgia Castro encantou por seu talento e timbre vocal, trazendo um repertório com muita MPB e música pop. No intervalo entre as canções, entraram em cena depoimentos de mulheres exemplos de sucesso por sua trajetória profissional, como as senadoras da república por MS, Simone Tebet e Soraya Thronicke, e a deputada federal Rose Modesto, além de mulheres renomadas na área jurídica e na luta pela igualdade de gênero, como a presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, a desembargadora do TJMS, Elizabete Anache, a Procuradora de Justiça Jaceguara Dantas da Silva, entre tantas outras, num total de 14 depoimentos inspiradores.

Em sua fala, a juíza Denize de Barros Dodero, primeira mulher diretora do Foro da Comarca de Campo Grande, agradeceu a todos os envolvidos na realização do evento, e, de modo especial, ao presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Des. Carlos Eduardo Contar, "pela receptividade e compreensão da importância da visibilidade nessa homenagem pelo Dia das Mulheres".

Sobre o objetivo de promover a iniciativa, a juíza diretora comentou "que nessa pausa de autocuidado, nesse momento descontraído, apesar de todo nosso distanciamento social, possamos nos conectar com humanidade e esperança, para celebrarmos o nosso instante. Este é um encontro de palavras, nas suas mais variadas expressões. A palavra falada, escrita e cantada. Que a palavra possa então ser ponte. Que ela nos emocione e provoque. E que ela possa nos unir, como iguais, porque já não temos tempo para diferenças".

O presidente do TJMS, Des. Carlos Eduardo Contar, prestigiou o evento virtualmente, manifestando inicialmente um agradecimento às juízas Denize de Barros Dodero e Elisabeth Baicsh, uma diretora do Foro da Capital, outra do Cijus. "Eu acredito que o ser humano, independente de gênero, ele vale pelo que ele é, pelo que ele dá de si, pelo próprio crescimento pessoal e para a sociedade", ressaltou.

O presidente também aproveitou o momento para parabenizar todas as magistradas, servidoras e colaboradoras do Poder Judiciário sul-mato-grossense "da mais graduada a do serviço mais desconhecido, ou não percebido pelos demais. Todos nós temos a nossa valia e todos nós merecemos, particularmente vocês mulheres, merecem os nossos cumprimentos. Vocês são a maioria e vocês são ótimas!", finalizou.

Conectadas virtualmente, muitas servidoras acompanharam a live pelas redes sociais e registraram suas impressões e emoções sobre o momento por meio de dezenas de comentários deixados no chat durante a transmissão pelo Youtube. Mensagens de carinho e apoio, enaltecendo a iniciativa, as mulheres, e a bela voz da cantora.

Entre as mensagens de apoio, de quem acompanhou a apresentação, a coordenadora do setor Psicossocial do Fórum, Kennya Chaves de Oliveira comentou: "Nós, como servidoras e como mulheres, nos sentimos muito especiais e acolhidas, porque num momento extremamente difícil, propor um trabalho desses, o sentimento é de gratidão e motivação também, por nos sentirmos valorizadas no desempenho do nosso trabalho pela instituição".

A diretora da Secretaria da Escola Judicial de Mato Grosso do Sul, Deise Moura Mathias, afirma que o evento foi "um momento de cultura, principalmente nesta época de pandemia que as pessoas estão isoladas, nós precisamos de afeto, de cultura, de conhecimento. É muito importante essa articulação entre as pessoas, demonstrando amor, paz, perseverança e esperança".

Se você não pode acompanhar a apresentação, corre lá no Youtube do TJMS, a íntegra do evento está disponível em https://www.youtube.com/watch?v=uAVX7WROVrw. Já são mais de 850 visualizações até agora.

Personalidades femininas Além da bela apresentação da cantora Georgia Castro, de apenas 17 anos, o evento trouxe mensagens de reflexão e motivação das senadoras da república Soraya Thronicke e Simone Tebet, da deputada federal Rose Modesto, da presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil, da desembargadora do TJMS, Elizabete Anache, da Procuradora de Justiça Jaceguara Dantas da Silva, da juíza de Direito Camila de Melo Mattioli Pereira, da defensora pública e coordenadora do Núcleo Institucional de Promoção e Defesa dos Direitos da Mulher (Nudem), Thaís Dominato, da Secretária-Geral Adjunta da OAB/MS e Coordenadora Nacional da União das Advogadas do Brasil, Eclair Nantes, da Procuradora-Geral de Mato Grosso do Sul, Fabíola Marquetti, da advogada e professora da Escola Superior da Magistratura de Mato Grosso do Sul (Esmagis), Silmara Amarilla, da Subsecretária Municipal de Políticas para Mulheres, Carla Stephanini, da advogada e presidente da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica de MS, Rachel Magrini Sanches, e da Subsecretária Estadual de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja.

O evento "Sou livre, sou luta, sou minha" foi uma realização da Direção do Fórum de Campo Grande, com o apoio do TJMS e da Coordenadoria Estadual da Mulher.

Fonte: TJ MS