02 de dezembro de 2021
Campo Grande 30º 22º

Mãe deixa filhos sozinhos em casa para traficar drogas e é presa em Três Lagoas

A- A+

Policiais da Ronda Ostensiva Tática do Interior (Rotai) prenderam em flagrante, na madrugada desta sexta-feira (7), duas mulheres por tráfico de drogas em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. Segundo a polícia, uma das acusadas ainda teria deixado seus filhos sozinhos em casa para comercializar entorpecentes.Segundo o registro da ocorrência, por volta de 0h30, a viatura da Rotai estava em rondas pela área central da cidade, quando foi abordada por uma pessoa que fez a denúncia da venda de drogas que estava sendo praticada por duas mulheres em uma sorveteria. Os policiais realizaram monitoramento e identificaram Pâmela Caroline Rodrigues da Silva, de 23 anos, e Viviane Crispim, de 29, como as autoras do crime. De acordo com a polícia, ambas não têm ligação com o estabelecimento, apenas estavam no local praticando o tráfico. Ainda segundo a polícia, quando as suspeitas perceberam a chegada da guarnição, correram para o banheiro e tentaram se desfazer do entorpecente no vaso sanitário, mas a ação dos policias foi rápida, e eles conseguiram encontrar ainda algumas porções de drogas com as mulheres. As duas foram detidas para averiguação e uma policial feminina foi acionada para realizar a revista pessoal nas acusadas. No bolso da bermuda de Viviane foi encontrada uma trouxinha de cocaína, que, inicialmente ela alegou que seria para o consumo, mas logo acabou confessando que venderia a droga. As traficantes receberam voz de prisão e foram levadas a Sala de Elaboração de ocorrências e posteriormente serem entregues na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), para as providências legais. Crianças Depois do flagrante por tráfico de drogas, Viviane Crispim confessou aos policias que seu casal de filhos estava sozinho em casa enquanto ela vendia drogas. Os policiais então se deslocaram com a acusada até a residência indicada por ela, e constataram a veracidade do fato. Na casa estavam um menino de 11 e uma menina de seis anos sozinhos. O local não apresentava nenhuma condição de segurança, pois as chaves não trancavam as portas e as janelas estavam amarradas. As crianças foram levadas à Depac e o Conselho Tutelar foi acionado comparecendo ao local tomando as providências sobre o caso. Além do boletim de ocorrência sob acusação do tráfico de drogas, foi lavrado também um boletim de ocorrências por abandono de incapaz. Região News