21 de abril de 2021
Campo Grande 32º 18º

Padrasto

Menina de 13 anos foi abusada por mais de 1 ano e mãe não acreditava

A- A+

Um homem de 30 anos foi preso na manhã desta terça-feira (26) por ameaça, tentativa de homicídio e estupro de vulnerável. Ele foi acusado pela mãe de uma menina de 13 anos. O homem é padrasto da menina, e segundo relatos da adolescente, ele abusava sexualmente dela por pouco mais de um ano.

O delegado que está cuidando do caso, Mário Donizete Ferraz Queiroz, da Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente, (Depca) disse que a menina mora com o casal assim que eles resolveram morar juntos, Jô o filho da mulher, um rapaz de 15 anos, foi morar com uma tia.

De acordo com informações do delegado, a menina disse que sofria abusos constantemente a mais de um ano, e que havia contado para mãe, mas a mesma nunca acreditou na menina. A adolescente conta ainda que no dia 19 de fevereiro o padrasto ficou de cueca e a molestou, mas não chegou a consumar o ato, mas já configura crime de estupro. A menina conta ainda que já chegou a ser ameaçada por arma de fogo pelo homem.

A mãe só passou a acreditar depois que aconteceu uma briga no Bairro Popular, onde a adolescente morava, e na oportunidade ela contou para uma tia, que falou para outros familiares e resolveram conversar com mãe. Depois disso a mãe da adolescente resolveu denunciar a situação.

Ainda de acordo com o delegado, no início do mês de fevereiro o irmão da adolescente foi até a casa da mãe em Terenos – distante 26 quilômetros de Campo Grande, e discutiu com a mulher por ela estar com um homem que abusou da sua irmã e não ser uma pessoa boa. O homem teria ouvido a conversa e no dia seguinte foi atrás do rapaz no Bairro Zé Pereira onde o jovem mora com a tia e teria desferido quatro tiros de arma de fogo contra o enteado, nenhum tiro o atingiu.

O homem também teria ameaçado um vizinho de 15 anos apontando a arma contra o rapaz. Ele foi preso e responderá pelos crimes de ameaça tentativa de homicídio e estupro.