19 de maio de 2024
Campo Grande 18ºC

DECISÃO JUDICIAL

Policial Civil é condenado por estupro na 'Sala Lilás' da delegacia

Investigador estuprou mulher em Sidrolândia

A- A+

O investigador da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, Elbeson de Oliveira, de 41 anos, foi condenado por estuprar uma mulher de 28 anos na Sala Lilás [espaço da unidade policial dedicado ao atendimento de mulheres vítimas de violência de gênero] da delegacia em Sidrolândia (MS).

Ele foi sentenciado pelos crimes de estupro e importunação sexual a 13 anos, 7 meses e 15 dias de prisão e terá de pagar uma multa de R$ 10 mil a vítima.

Como mostramos aqui no MS Notícias, Elberson foi preso 12 de abril desse ano e, desde então, aguardava julgamento, mas recebendo mais de R$ 7 mil em razão de seu cargo, como revelamos em reportagem de 12 de maio. Mas com a condenação, entretanto, Elbelsom perdeu o cargo público e o salário. O condenado também terá de cumprir no mínimo sete meses em regime fechado por entregar celulares aos presos da unidade em uma tentativa de comprar o silêncio sobre o crime.