27 de fevereiro de 2021
Campo Grande 32º 22º

FRONTEIRA

Suposto piloto de Pavão é executado com mais de 50 tiros de fuzil 7.62

Execução aconteceu no final da tarde desta segunda-feira em Ponta Porã

O suposto piloto do narcotraficante Jarvis Chimenes Pavão, foi executado no final da tarde de ontem, segunda-feira (18), na Avenida Brasil, em Ponta Porã, na divisa entre Brasil e Paraguai. O homem identificado como Jorge Henrique Fernandes, de 27 anos, morreu dentro de uma caminhonete, um outro rapaz, Everson Mereles Escobar, de 26 anos, que estava no passageiro, foi levado em estado grave ao Hospital Regional do município. 

Segundo o site Correio do Estado, Jorge e Everson seguiam pela Avenida Brasil em uma caminhonete Toyota Hilux, em determinado momento foram interceptados por pistoleiros armados com fuzil 7.62, os executores efetuaram mais de 50 disparos contra a caminhonete. Jorge morreu no local, ele já havia sofrido atentado no dia 17 de maio de 2016. 

Ainda segundo informações iniciais, Jorge chegava no prédio onde vivia com esposa e filho, estava acompanhado do segurança particular, no entanto, a ação foi rápida sem tempo para reação por parte da vítima.  

Equipes do Setor de Investigações Gerais (SIG) e da perícia técnica estiveram no local colhendo informações sobre a execução.