19 de janeiro de 2021
Campo Grande 27º 21º

Espaço da Poesia celebra as mulheres

A partir das 19h de hoje, no terraço do Memorial da Cultura e da Cidadania, acontece a edição do Espaço da Poesia, que celebra o dia internacional da mulher e o dia do teatro.

O coral de servidores da Assembleia Legislativa  do Estado tem hoje em seu repertório música popular brasileira, canções folclóricas e regionais. Atualmente é composto por 45 integrantes, sendo 39 coristas e seis músicos: maestrina, tecladista, violonista, violinista e dois percussionistas. É regido pela professora Telma Cristina Serrou Pimentel, sob a coordenação de Marlene Figueira da Silva.

A UBE-MS (União Brasileira de Escritores de Mato Grosso do Sul) promove o lançamento do quarto número de sua revista literária, editada com patrocínio do FIC (Fundo de Investimentos Culturais). Trinta e um autores associados à entidade contribuíram com seus textos. O volume é composto por três partes: prosa, poesia e memória. Tanto na prosa como poesia destacam-se os trabalhos de autores da UBE-MS premiados nacionalmente.

Na parte de memória são homenageados três associados, todos falecidos em setembro de 2013: Anísio Moreira, Nildes Tristão Prieto e Erode Lino Leite. Os textos são de Rubenio Marcelo, Elizabeth Fonseca e Samuel Medeiros. Também constam na revista alguns poemas representativos da obra literária dos três homenageados.

Também será apresentada uma cena da peça “A Sogra”, do grupo Ventreloco Teatro, que conta a história de uma senhora que domina as relações da filha e do genro, criando situações trágicas e ao mesmo tempo cômicas. A peça é baseada no último romance de Aluisio Azevedo, escrito em 1895.

O grupo Arte de Dizer apresenta em seguida no Espaço da Poesia a arte de alunos declamadores em homenagem ao Dia Internacional da Mulher e à escritora Nildes Tristão Prieto, criadora do projeto, contemplado pelo FIC/MS.

A abertura fica por conta de Luzia Câmara Ozarias, com “A mulher e o pássaro” (Américo Calheiros), seguida pelos professores Rosana Rosseti Lopes com “O mundo num sorriso” (Reginaldo Alves de Araujo), Suely Fátima Pereira com “Eu sou mulher” (Benito di Paula), Laura Lopes Ribeiro com “Mulher ao espelho” (Cecília Meireles) e Maria Auxiliador com “Mulher” (Betânia Uchôa).

A declamação infanto-juvenil fica a cargo de Sofia Aguirre de Arruda com “A língua do nhem" (Cecília Meireles), Isadora Vitória Boniatti com “A avó” (Bastos Tigre), Stéfani Sandim com “Aninha e suas pedras” (Cora Carolina), Valéria Benites com “Retrato” (Cecília Meireles), Cristine, Cybelle e Gabrielly com “A Lavadeira” (Cora Carolina) e Ana Cristine Boniatti com “Mãos de Mulher” (Nildes Tristão Prieto). Já a declamadora Gisela Martinez apresenta “Soneto da Mulher Ideal”, de Vinicius de Moraes.

O poeta Ruberval Araújo leva ao Espaço o “Improviso Guaicuru”, espetáculo único a cada apresentação. Através dele Ruberval, com o apoio direto da plateia, constrói suas “redes poéticas” com pitadas de “repente”, demonstrando o talento de um artista reconhecido pela criatividade.

O maestro Eduardo Martinelli encerra o Espaço da Poesia com um concerto especial com músicos convidados. Formado em Violão Erudito pela Faculdade de Música de Santos, em 1998, estudou paralelamente violoncelo, violino e regência de orquestra. Entre 2004 e 2007 foi professor de violão no curso de música da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, sendo que em 2007 assumiu como titular a regência da Orquestra Sinfônica Municipal de Campo Grande (instituída em 2006).

Memorial da Cultura fica na avenida Fernando Correa da Costa, 559, no Centro. A entrada é franca.

Tayná Biazus