16 de agosto de 2022
Campo Grande 33º 23º

ARTE | CULTURA

Mostra Boca de Cena, com teatro e circo grátis na Praça Ary Coelho

Está acontecendo neste sábado

A- A+

Está acontecendo neste sábado (25.jun.22) em Campo Grande (MS) a Mostra Boca de Cena 2022, de teatro e circo, que realiza 17 apresentações neste dia. As apresentações iniciaram às 10h e vão até às 23h30. A mostra teve início na noite da sexta-feira (24.jun), com a presença de autoridades e com cerca de 150 pessoas, na Praça. 

Organizada pelo Colegiado de Teatro de Mato Grosso do Sul e por integrantes de circo, a mostra visa celebrar a arte sul-mato-grossense e é, um anúncio de retomada das atividades artísticas e da articulação políticas culturais dos artistas. 

Na tarde deste sábado, em meio a programação, será feita uma mobilização e apoio aos povos indígenas massacrados por equipes do Batalhão de Choque da Polícia Militar de Amambai. Inclusive, integrando a programação, o grupo de teatro indígena Liberdade PKR (Pa’i Kuara Rendy) de Amambai, apresenta a peça "Gitaram-me Bugra", às 16h30, no 3º palco.

Com duração de 30 minutos. Livre para todos os públicos. “O espetáculo teatral “Gritaram me Bugra” trás em cena um misto de sentimentos que uma mulher indígena Guarani Kaiowá vive na pele como o preconceito, a discriminação, a violência e o sentimento de orgulho de pertencer ao grupo étnico que mantem sua cultura viva”, diz um resumo da peça com direção de Duadino Martines.

Gritaram-me Bugra é dirigida pór Duadino Martines e produzida por Alessandra Tavares. A cenógrafa/maquiadora/figurinista da peça é Elza Freitas. O elenco é composto por Cristiane Lossate, Athaieli Souza, Poliane Velasques, Letícia Duarte, Adeilson Gonçalves, Cauã Carlos e Gebesson Solano, todos indígenas de Amambai.  

Veja a programação completa da mostra no @mostrabocadecena2022 ou no banner abaixo: 

1ª DIA DA MOSTRA 

No palco estão, Cegonha, Ângela (à esquerda), no centro a apresentadora do evento, atriz Thaty D. Meo, ao lado dela, os artistas Fernando Cruz e Romilda Pizzani.  No palco estão, Cegonha, Ângela (à esquerda), no centro a apresentadora do evento, atriz Thaty D. Meo, ao lado dela, os artistas Fernando Cruz e Romilda Pizzani. Foto: Vaca Azul 

O Boca de Cena teve abertura pontual às 18h30 na sexta-feira (24.jun). Representando a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (Patrocinadora do evento), o diretor-presidente da Fundação de Cultura, Gustavo Arruda, mas conhecido como Cegonha, celebrou o retorno das atividades. "Gostaria de compartilhar a nossa alegria, de estar retomando as nossas ações da Cultura como um todo, principalmente aqui do nosso Boca de Cena, que é um projeto que contempla o teatro e o circo. Graças a Deus a gente agora está retomando, com certeza mais forte. Quero agradecer e parabenizar o colegiado de teatro. Vale a pena, Boca de Cena eternamente”, disse.  

Representando a prefeitura, Ângela Montealvão (do teatro), disse que a Mostra Boca de Cena acontece num dia simbólico. “Dia de São João, xangô menino, um grande marco da nossa cultura. Aproveitando dessa metáfora da cultura popular, eu quero desejar que este evento, o Boca de Cena, seja um marco de retomada, do fogo, que se acenda a fogueira novamente da união de todos os artistas teatrais de todo o Mato Grosso do Sul. Essa classe que sempre foi pioneira das lutas culturais, sempre se destaca, viva a o teatro, viva o colegiado”, disse, agradecendo o colegiado em nome do secretario de Cultura de Campo Grande, Max Freitas e em nome da prefeita Adriane Lopes.

Além dos representantes do poder público, também foi lida no palco, uma carta-manifesto dos artistas do teatro e circo. A carta foi lida de maneira compartilhada pelos artistas Fernando Cruz e Romilda Pizani. No manifestou os artistas destacaram a importância do Boca de Cena e criticaram a interrupção do festival pr 3 anos, ainda assim, celebrando o retorno e cobrando, a retomada de outros festivais de cultura. Eis a íntegra da carta. 

Após a abertura, foram apresentados os espetáculos:

Navegantes (Campo Grande) abriu o festival às 19h da sexta (24.jun)

NAVEGANTESTexto e direção: Lu Bigatão Rios | Elenco: Fernanda Kunzler e Fábio Umeda | Produção: Fernanda Kunzler e Lú Bigattão | Direção de cena e Preparação de elenco: Yago Garcia | Direção Musical: Gustavo Vargas | Execução musical: Gustavo Vargas e Ewerton Goulart | Direção de Arte: Anderson Bosh | Confecção de Bonecos e Cenário: Wilson Motta e Fotos e Designer gráfico: Helton Pérez/Vaca Azul

O Grande Salto (Dourados) foi apresentado às 19h40 da sexta (24.jun): 

WhatsApp Image 2022 06 25 at 13.22.01Ator João Rocha em cena no espetáculo ‘O Grande Salto’ durante a mostra Boca de Cena 2022 na Praça Ary Coelho em Campo Grande. Foto: Vaca Azul. | Direção e atuação: João Rocha | Direção de técnica circense: Junior de Oliveira  | Preparação física e figurino: Társila Bonelli  e Auxiliar de montagem: João Dias

A Cartista ( Aparecida do Taboado) foi apresentada às 20h da sexta (24.jun): 

A CARTISTA‘A Cartista’ – da Cia Teatral Sou o Que Sou, sendo apresentada na Praça Ary Coelho em Campo Grande (MS). Foto: Vaca Azul | Moysés Chama – Direção | Conceição Mendonça – Atriz | Priscila Cardoso – Apresentação musical e Som e Wadna Salles – Escritora da peça, Assistente de Palco e Iluminação

‘Tradicional Pocket Show’, do Grupo Le Chapeau, de Dourados, foi apresentado às 21h30: 

O espetáculo 'Tradicional Pocket Show sendo apresentado na Mostra Boca de Cena, na Praça Ary Coelho em Campo Grande. Foto: Vaca AzulO espetáculo 'Tradicional Pocket Show sendo apresentado na Mostra Boca de Cena, na Praça Ary Coelho em Campo Grande. Foto: Vaca Azul | Concepção: Junior de Oliveira | Atuação: João Rocha, Társila Bonelli e Junior de oliveira e na técnica: João Dias

PELA MANHÃ NESTE SÁBADO:

  • Às 10h foi apresentado 'Dom Quixote', da Cia de Teatro do Mundo, de Campo Grande;
  • Às 10h50 foi apresentado no 3º palco, ‘A Borboleta Mais Velha do Mundo’, do Grupo Casa, de Campo Grande;
  • Às foi apresentado no 2º palco, ‘Varietê (Anderson Lima)’, do grupo Flor e Espinho, de Campo Grande; 
  • E às 13h, no palco principal, será apresentado ‘O Sapo Encantado e Outras Histórias’, do Grupo Teatral Unicórnio, de Campo Grande.

A mostra segue até às 23h deste sábado