21 de setembro de 2021
Campo Grande 39º 24º

Variedades

Sharon, esposa de Ozzy Osbourne, é acusada de racismo

A- A+
source
Sharon, esposa de Ozzy Osbourne, é acusada de racismo
The Music Journal Brazil
Sharon, esposa de Ozzy Osbourne, é acusada de racismo

O assunto começou a tomar força quando a repórter Yashar Ali publicou um artigo onde menciona várias fontes que provam que Sharon Osbourne tem sido racista há muitos anos.

A repórter começou com sua investigação sobre o programa The Talk em 2018.

Ali afirma em sua publicação que Sharon usou termos racistas, se referindo a Julie Chen, esposa do ex-presidente executivo da CBS, Les Moonves, como olhos puxados.

Outras menções mais contundentes de Yashar Ali em seu artigo, apontam que Sharon Osbourne teria dito que a ex-apresentadora Sara Gilbert, notoriamente lésbica é "comedora de sardinha" e "lambedora de b*ceta".

Você viu?

Em contato com a equipe de Sharon Osbourne no The Talk, a reporter teve a seguinte resposta: "A única coisa pior do que um ex-funcionário insatisfeito é um ex-apresentador de talk show insatisfeito. Por 11 anos, Sharon foi gentil, cordial e amigável com seus anfitriões, chegando a dar festas para eles, convidá-los para sua casa no Reino Unido e outros gestos de gentileza. Sharon está desapontada, mas imperturbável e dificilmente surpresa com as mentiras, a reformulação da história e a amargura que estão surgindo neste momento".

O Hollywood Reporter divulgou uma nota da emissora CBS onde a empresa afirma estar "comprometida com a diversidade e local de trabalho inclusivo": "A rede CBS está comprometida com uma diversidade, local de trabalho inclusivo e respeitoso em todas as nossas produções. Também estamos muito atentos às importantes preocupações expressas e às discussões em andamento sobre os eventos no The Talk. Isso inclui um processo em que todas as vozes são ouvidas, as alegações são investigadas e as ações apropriadas são tomadas onde necessário. O programa estenderá seu hiato de produção até a próxima terça-feira, enquanto continuamos a revisar essas questões", concluiu.

Fonte: IG GENTE