23 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Som da Concha recebe rock de Horse Society e balanço do Cassino Boogie

O Som da Concha, projeto da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, apresenta neste domingo (24 de novembro) o rock clássico de influências setentistas da banda Horse Society e o balanço do tradicional funk e do soul do Cassino Boogie. As atrações sobem ao palco da Concha Acústica Helena Meirelles, no Parque das Nações Indígenas, a partir das 18h30 e entrada, como sempre, é franca. A Horse Society abre o Som da Concha com um som que remete ao rock das décadas de 1960 e 1970 mas que também cultiva algo da modernidade sonora contemporânea fruto de várias influências da cena atual e da presença dos jovens músicos João Pedro (guitarra solo) e Paulo Netto (baixo), além de Sandro Trindade (bateria) e João Ricardo (vocal e guitarra). O grupo teve origem em 2006, quando João Ricardo, Sandro e o então guitarrista solo Luís Henrique Ávila, com a colaboração de Marcelo Rezende no baixo, se juntaram para viabilizar uma homenagem a Neil Young em um encontro de fãs do músico canadense no Rio de Janeiro. Com a partida de Luís para Londres a banda, que se apresentava com o nome Cover Horse, sofreu várias reformulações. A atual se estabeleceu há um ano e foi renomeada em alusão a duas de suas maiores influências: Black Label Society e Neil Young & Crazy Horse. O repertório alterna composições próprias em língua inglesa que versam sobre reflexões e observações do dia a dia e alguns clássicos consagrados do bom e velho roc´nroll. Durante a apresentação a banda irá homenagear o movimento Mães da Fronteira, criado após o seqüestro e assassinato dos jovens Breno e Leonardo, há um ano. Serão distribuídos alguns CDs com material e músicas alusivas a causa. Os músicos Bruno Kuni e Lucas Brandão farão uma participação especial interpretando a inédita “Eu Não Vou Ser o Próximo”, que faz parte do material de divulgação. Já o Cassino Boogie irá comemorar na Concha Acústica Helena Meirelles 10 anos de carreira com clássicos do rock, da soul music e do tradicional funk music nacional e internacional que vai dos anos 60 a 90. A banda é formada por amigos com os mesmos gostos musicais que resolveram partir para uma proposta diferente. Conta com Luciano N. Carvalho (vocais), Rodrigo Paiva (guitarra e vocais), Gonçalo "Sapão" Junior (baixo e vocais), Rodrigo Nienkotter (guitarra), Emerson Cambará (bateria), André Escobar (trompete), Adriano Nascimento (sax tenor/alto) e Eric Silva (sax barítono). No repertório estão clássicos de Elvis Presley, Ray Charles, Joe Cocker, The Commitments, The Blues Brothers, Tina Turner, Stevie Wonder, Kool & The Gang, Earth, Wind & Fire, KC & The Sunshine Band, Commodores, INXS, Rolling Stones, James Brown, Wilson Pickett, não se esquecendo do ícone nacional Roberto Carlos e sua fase soul, que vai de 1967 a 1974. Som da Concha – O projeto conta com o apoio da Fundação Manoel de Barros, TV Brasil Pantanal e 104 FM Rádio MS e prevê apresentações de shows musicais em domingos alternados.   Assessoria