MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

SEGOV AGILITÁ VÍTIMAS
tera, 22 de outubro de 2019

PRÉ-NATAL

Maternidade aos 49 anos: caso de sucesso é registrado em Ponta Porã

Graças a um pré-natal bem acompanhado, Norma Velasquez deu à luz um menino, três meses após se tornar avó; criança completou 1 mês em outubro

Por: REDAÇÃO07/10/2019 às 13:46
ComentarCompartilhar
Foto: TV MORENA

Norma Velasques, de 49 anos, deu à luz uma criança saudável que está completando 1 mês de vida, na cidade de Ponta Porã (MS). Isso foi possível, entre outros fatores, por causa do acompanhamento médico realizado durante todo o pré-natal. Especialista da São Francisco Saúde explica o caso.

Uma entre quatro mulheres com idade entre 20 e 30 anos tem chance de engravidar naturalmente, de acordo com dados do Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas. Após os 40, apenas uma em cada 10 conseguem gerar uma criança sem ter que recorrer à reprodução assistida. Próximo aos 50 anos, as chances ficam cada vez mais remotas e não há registro estatísticos sobre os casos de sucesso.

Em Ponta Porã (MS), porém, a história da costureira Norma Velasquez mostra que há final feliz fora das curvas estatísticas. Aos 49 anos, ela procurou um médico por acreditar que os sintomas que vinha sentindo indicavam a proximidade da menopausa. Mas, ao realizar os exames laboratoriais descobriu que, na verdade, estava grávida.

“Eu entrei em pânico, porque estava me preparando para ser avó, já que minha filha de 25 anos tinha anunciado a gravidez dela. Meu outro filho tem 15 anos. A minha gravidez foi uma surpresa, mas estou muito feliz. Afinal, ter um filho é uma benção, ainda mais nessa idade”, explicou Norma, ao lado do marido Hamilton Ferreira. Em agosto, no Hospital Cassems, ela deu à luz um menino saudável, que nasceu pesando mais de 3 quilos.

IMPORTÂNCIA DO PRÉ-NATAL
 
Pelas informações do Ministério da Saúde, gestação de risco é aquela na qual se identificam doenças maternas prévias ou mesmo adquiridas durante a gestação, podendo causar danos à vida da mãe ou do bebê. Com o avanço da idade, a probabilidade de disfunções no organismo aumenta, exigindo mais atenção da mulher que engravida após os 40 anos, como foi o caso de Norma.

Felizmente, a costureira, que é conveniada ao São Francisco Saúde, pôde realizar um tratamento pré-natal adequado, com visitas regulares ao médico para controlar seu quadro de hipertensão e diabetes e acompanhar o desenvolvimento do bebê. Por mais de uma vez, ela precisou, inclusive, ser internada para um acompanhamento mais detalhado.

Vale lembrar que, de acordo com Marcelo Vettore, Diretor do Hospital Materno Infantil Sinhá Junqueira, em Ribeirão Preto/Sp, independentemente da idade e do quadro de saúde da gestante, o pré-natal é fundamental para rastrear doenças pré-existentes ou chances de desenvolver outras, além de monitorar remédios, vacinas e hábitos alimentares e de vida. “Esse cuidado é importante para garantir o bem-estar da mulher e do bebê, durante a gestação e no momento do parto”, conclui Vettore. Mãe e filho passam bem. 
 
HÁ 70 ANOS
 
Grupo São Francisco é um dos maiores grupos de saúde do Brasil. Composto pelas empresas São Francisco Saúde, 4ª maior operadora de medicina de grupo do País; São Francisco Odonto, que está entre as duas melhores operadoras de planos odontológicos do Brasil; e a São Francisco Resgate, líder nacional de resgate rodoviário e com atuação no Aeroporto de Guarulhos.
 
O Grupo dispõe ainda de sete hospitais próprios nas cidades de Ribeirão Preto (SP), Sertãozinho (SP), Araraquara (SP), Piracicaba (SP), Lins (SP), Bauru (SP) e Quirinópolis (GO).
 
 
Deixe seu Comentário

TV MS

04 de outubro de 2019
"Lutar pela liberdade de Lula é ato de resistência". diz ator Osmar Prado

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma