PRESTAÇÃO DE CONTAS

MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MS

quinta, 25 de abril de 2019

"Uma Vida Para Valer"

Nelson Trad: uma raiz de cedro que viceja em MS

Por: Redação06/12/2018 às 10:44
ComentarCompartilhar

A literatura e a história brasileiras ganham uma contribuição singular para seu melhor acervo. Nesta sexta-feira, 7, em Campo Grande, será lançado o livro "Uma Vida Para Valer". Escrita pelo jornalista Oscar Ramos Gaspar, é a biografia de um dos mais ilustres edificadores da afirmação política, jurídica e social do Estado. Por isso se explica porque falar ou comentar sobre ele é impossível sem adjetivos.

Singular no trato das missões que lhe foram confiadas - e exercidas sob as luzes da inteligência e da exaustiva busca de leituras -, cuidou como se fossem filhos seus os desafios da advocacia e da política. E teria feito o mesmo se optasse por um corredor alternativo que teve na juventude, o do esporte, em razão do jogo vistoso e cerebral que desenvolvia dentro de campo.

Era, por incrível que parecesse, avesso aos holofotes. Tinha consciência das dimensões de seu protagonismo e não se escondia. Contudo, conferia maior atenção e zelo ao que suas intervenções produziam  na esteira das responsabilidades que lhe eram imputadas. Quem o conheceu e conviveu mais de perto sabia existir no perfil do advogado e do político a marca consolidada do DNA em que sangue, personalidade, coragem e visionarismo pulsavam no canteiro familiar arado e lapidado pelos pais Assaf Trad e Margarida, cônsuil e consulesa de saudosa memória.

Na extensão e na fundura dos valores semeados pela sabedoria dos pais e estendidos à prole - Nelson Filho, Fátima, Marcos, Fábio e Tetê - , sua vida se viu atirada ao entrelaço das dedicações ao lar, ao Direito e à valorização do ser humano em suas legítimas ansiedades. 

Ele queria ser da liberdade - e foi - um empenhado artífice intelectual, mobilizador; provocou e instigou consciências; não se limitou à encolhida estreiteza dos que esperam a melhor hora. Nelson Trad fez seu tempo. Os versos de Vandré servem para explicá-lo: quem sabe faz a hora, não espera acontecer. 

No júri, ainda que fosse visto como uma espécie de senhor dos tribunais, dava-se à grandeza de submeter-se aos sagrados e pétreos regramentos jurídicos, pontuava na planície do respeito e da ética o tratamento com julgadores, julgados, defensores e acusadores. 

Quando se elegeu e exerceu o mandato de vice-prefeito (1963-64), encurtado por um regime discricionário, não se refugiou no silêncio ou no recato da prudência e pôs sua voz e seu pensamento para contrapor-se ao obscurantismo. Deu-se inteiro à sanha do obscurantismo. Porém, quem lhe cassou o mandato não teria jamais a iluminura de enxergar que seria preciso muito mais que uma vida ´ou uma morte - para silenciar uma voz que ecoa nas cordas sonoras do tempo e do pensamento, uma voz inadestrável.

Vice-prefeito de janeiro de 1963 a abril de 1964; procurador-geral do Estado (1979-80); secretário estadual de Justiça no governo de Pedro Pedrossian (1980-82); deputado estadual de 1983 a 1991; e deputado federal de 1991 a 2011; o advogado, professor e intelectual Nelson Trad era o cidadão simples que acariciava os pais, a esposa e os filhos com a mesma ternura que dedicava aos aprendizados da mestra maior - a vida! 

Poder-se-ia afirmar que em 23 capítulos distribuídos por 270 páginas, com a incorporação de mais de 70 depoimentos e obstinada busca de registros de época, o espartano empenho do jornalista e biógrafo Oscar Ramos Gaspar foi premiado. No entanto, a obra representa um prêmio às diferentes gerações de sulmatogrossenses, em particular, e de brasileiros, em geral, necessitados de protagonismos exemplares que possam acrescentar claridade e humanidade às transformações sociais e políticas.

Enquanto isso, a saga milenar e libertária de sabedoria e humildade dos povos árabes, representada no livro dos tempos que fazem a história deste Estado e esculpida nas palavras serenas do cônsul Assaf Trad - a de que somos uma civilização de coração aberto para o mundo -, frutifica à sombra do cedro milenar. Suas raízes são regadas por lágrimas saudosas e agradecidas dos que mantém viçosa e  fortalecida a árvore de um amor que tem nome.

 

Deixe seu Comentário

TV MS

03 de abril de 2019
Revoada de balões em alusão ao Dia Mundial de consciencização ao autismo

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua Refência em Jornalismo no MSRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270
Editorias
Institucional
Mídias Sociais
© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma