26 de outubro de 2020
Campo Grande 27º 22º

ECONOMIA

1º ano do governo Bolsonaro e Brasil cresce 1,1%, o menor dos últimos 3 anos

O PIB foi o mais baixo dos últimos três anos. A taxa de investimentos teve uma desaceleração ainda mais forte

De acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira (4), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Produto Interno Bruto (PIB) avançou 1,1% no primeiro ano de governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ). A taxa é menor que em 2017 e 2018, quando a economia registrou alta de 1,3%.

O crescimento pífio da economia em 2019 foi mais uma vez sustentado pelo consumo das famílias, mas o ritmo de recuperação do consumo desacelerou 1,8%.

A taxa de investimentos teve uma desaceleração ainda mais forte, registrando uma alta de 2,2% no ano passado após um salto de 3,9% em 2018.

Pela ótica da produção, tanto os serviços como a agropecuária tiveram um crescimento menor em 2019, enquanto que a indústria manteve o resultado de 0,5%

A taxa de investimento em 2019 foi de 15,4% do PIB, acima do observado em 2018 (15,2%), mas ainda bem abaixo do patamar acima de 21% registrado em 2013. Já a taxa de poupança caiu para 12,2%, ante 12,4% em 2018.

Veja os principais destaques do PIB em 2019:

Serviços: 1,3%
Indústria: 0,5%
Agropecuária: 1,3%
Consumo das famílias: 1,8%
Consumo do governo: -0,4%
Investimentos: 2,2%
Construção civil: 1,6%
Exportação: -2,5%
Importação: 1,1%