15 de maio de 2021
Campo Grande 28º 19º

Indústria da construção civil pode crescer até 3,5% este ano no Estado

A- A+

Construção civil no Estado pode crescer até 3,5% neste ano, podendo chegar a R$ 2,33 bilhões. Ano passado foram arrecadados R$ 2,26 bilhões.  A estimativa mantém o mesmo índice de 2013, com possibilidade de retração. Atualmente o governo impõe algumas barreiras quando o assunto é relacionado a este setor. Há demora em relação licenças ambientais, licenças construtivas, alvarás, habites e registro de imóveis. Os preços de mercado são outro fator que freia o crescimento, pois são inadequados à realidade do mercado, principalmente  no que se diz respeito as obras públicas.O Sinduscon/MS (Sindicato Intermunicipal da Indústria da Construção de Mato Grosso do Sul) está buscando contato com os secretários de Obras e de Habitação do Estado para tratar dos preços e a desburocratização dos serviços. Há uma reunião agendada para o início deste ano onde é esperado visualizar outro cenário para o segmento. Hoje, Mato Grosso do Sul tem 2.661 estabelecimentos no segmento da indústria da construção civil, que juntos empregam 40.154 industriários, no entanto, a indústria da construção teve um momento de grande dificuldade que foi a década de 90, considerada perdida. Quanto mais pessoas qualificadas o segmento houver, mais trabalhadores estarão empregados, isso porque as indústrias da construção civil necessitam de mão de obra especializada. Tayná Biazus