02 de dezembro de 2021
Campo Grande 30º 22º

Produção de soja em MS deve crescer somente 1,7%, aponta entidade

A- A+

A produção de soja em Mato Grosso do Sul deve crescer somente 1,7% na safra 2013/2014 frente a 2012/2013, atingindo 5,9 milhões de toneladas contra 5,8 milhões de toneladas do ciclo anterior. A estimativa foi divulgada pela Associação dos Produtores de Soja do estado (Aprosoja/MS) com base em dados do Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga).

Em relação ao início do plantio da safra, em outubro de 2013, quando em razão do aumento da área cultivada de aproximadamente 9%, de 2 milhões de hectares para 2,2 milhões de hectares e dos investimentos na lavoura devido a boa remuneração do grão, a redução da estimativa de produção, que chegava a 6,3 milhões de toneladas neste ciclo, foi de cerca de 400 mil toneladas.

Segundo a Aprosoja/MS, essa revisão para baixo das projeções ocorreu em decorrência dos efeitos do veranico (mistura de estiagem com temperaturas altas) que atingiu a região sul do estado no fim do ano passado e do excesso de chuva registrado no início deste ano, durante a reta final de colheita, em regiões como o centro e o norte do estado.

De acordo com o presidente da Aprosoja/MS, Maurício Saito, a produção não acompanha o crescimento da área dedicada ao cultivo da soja, mas os números se mantêm otimistas. “Consideramos a estimativa de superação quanto ao volume colhido na safra anterior como positiva, já que a produção de grãos é uma atividade dinâmica e os fatores climáticos fogem da administração do produtor rural”, destaca.

O Siga aponta que 80% da soja já está colhida em Mato Grosso do Sul, o equivalente 1,7 milhão de hectares dos 2,2 milhões de hectares destinados ao cultivo do grão.

Região News