25 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

PANDEMIA

A partir de domingo (14.mar) supermercados podem abrir no toque de recolher, conveniências não

Instituiu-se, aos sábados e domingos, o regime especial de funcionamento das atividades e serviços

A- A+

O governo de Mato Grosso do Sul decretou nesta quarta-feira (10.mar.21) que apenas uma pessoa da família poderá entrar em mercados e supermercados às compras mensais. O decreto visa restringir a aglomeração de pessoas com intuito de frear os infectados e mortes provocados pela Covid-19. 

Segundo a determinação, formalizadas em publicação no Diário Oficial – edição extra de ontem. A nova regra passa a valer a partir do próximo domingo (14.mar), quando também entre em vigor a redução do toque de recolher, que passa a vigorar das 20h às 5h. Os mercados e supermercados podem funcionar até mesmo durante o toque de recolher, porém conveniências devem fechar, estando permitido apenas delivery. 

“Parágrafo único. Durante o horário do toque de recolher referido no caput deste artigo somente poderão funcionar:

Os supermercados e congêneres, não se incluindo lojas de conveniência, ficando expressamente vedado o consumo de gêneros alimentícios e bebidas no local, bem como o acesso simultâneo de mais de uma pessoa da mesma família, exceto nos casos em que for necessário acompanhamento especial”. 

Ainda segundo o decreto – Instituiu-se, aos sábados e domingos, o regime especial de funcionamento das atividades e serviços que não sejam classificados como de natureza essencial, os quais somente poderão manter-se em funcionamento e abertos ao público no período das 5 às 16 horas.