MS Notícias

tera, 21 de janeiro de 2020

Alunos da REME

Agora é Lei: teste de cores para diagnóstico do daltonismo em alunos da REME é sancionado

Por: Jean Ocampos14/01/2020 às 17:36
ComentarCompartilhar

Assegurando qualidade de vida e ensino aos alunos da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande, proposta dos vereadores João César Mattogrosso (PSDB) e Cazuza (PP) dispõe sobre a realização do teste de cores “Ishihara” para diagnóstico do daltonismo nos alunos da REME. A Lei n. 6.404/19 foi sancionada pelo Executivo na última sexta-feira (10) e entrou em vigor a partir da publicação.

De acordo com o texto sancionado, a Administração Municipal será responsável por assegurar aos alunos a realização do teste, a fim de promover o diagnóstico do daltonismo e a determinação do grau em que ele está afetando a percepção das cores. Criado em 1917 pelo Dr. Shinobu Ishihara (1879-1963), o teste consiste na apresentação de alguns cartões coloridos ao indivíduo. Eles possuem vários círculos com cores ligeiramente diferentes e alguns números no centro dos círculos que apenas o indivíduo com visão normal consegue ver.

A matéria prevê ainda que os casos em que forem diagnosticados o daltonismo deverão ser encaminhados para o tratamento adequado. Especialistas apontam que não há cura para o daltonismo e a pessoa daltônica precisa aprender a conviver com o problema visual. Uma situação recorrente quanto ao diagnóstico é o fato de muitos descobrirem apenas na fase adulta, especialmente durante os exames para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação – CNH.

Coautor do projeto no legislativo, o vereador João César Mattogrosso ressalta a importância do diagnóstico precoce. “Antecipar esse diagnóstico, sobretudo de forma precoce na fase escolar, torna a adaptação da pessoa com daltonismo muito mais adequada, desde o conteúdo levado ao aluno em sala de aula até questões de convívio social”, pontua o parlamentar.

Além disso, o vereador destaca a importância da proposta ao relacionar o diagnóstico do daltonismo com a educação. “Levar à Rede Municipal Ensino o teste de cores Ishihara, que promove o diagnóstico do daltonismo, é fundamental para garantir a qualidade de vida dos alunos, bem como do processo de ensino-aprendizagem. Em sendo constatada a doença é possível realizar o tratamento adequado e orientar os profissionais de educação quanto à situação, o que propicia a adaptação do conteúdo e, consequentemente, o aprimoramento da educação”, salienta.

Deixe seu Comentário

TV MS

17 de janeiro de 2020
Quem não é comunista é fascista
Quem não é comunista é fascista

Últimas Notícias

Ver Mais Notícias
MS Notícias - Sua referência em jornalismo no Mato Grosso do SulRua Rodolfo Andrade Pinho, 634
CEP 79090.050 - Vila Taveirópolis
Campo Grande/MS
 (67) 99150.1270

Editorias

Institucional

Mídias Sociais

© MS Notícias. Todos os Direitos Reservados.
Desenvolvimento Plataforma