15 de abril de 2021
Campo Grande 33º 19º

TURISMO

Bonito se torna um dos 4 destinos turísticos mais seguros do mundo

Instituto de Desenvolvimento de Bonito, criado por associações ligadas ao turismo de lazer e de eventos em Bonito (IDB), relatou que uma força tarefa foi criada para que o município não estacionasse

A cidade turística de Bonito, em Mato Grosso do Sul foi considerada pela World Travel & Tourism Council (WTTC) um dos quatro pontos turísticos seguros a se visitar em meio a pandemia. O município aparece ao lado de outros 3 pontos internacionais em Arruda, México e Egito. 

Durante a pandemia, a cidade ficou fechada entre março e junho de 2020, só retomando as atividades com a adoção de protocolos de segurança, como a limitação do número de pessoas por passeio e funcionamento de restaurantes até as 22 horas. O esforço foi reconhecido recentemente pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo, que concedeu a Bonito o selo “safe travel” ao município. A conquista está ocorreu em fevereiro.  

O Instituto de Desenvolvimento de Bonito, criado por associações ligadas ao turismo de lazer e de eventos em Bonito (IDB), relatou que uma força tarefa foi criada para que o município não estacionasse em meio à crise sanitária que envolve diretamente a parceria com o Sistema S. “Já temos uma parceria antiga com o Sistema S, que sempre ajudou o trade turístico de Bonito em várias campanhas e durante as elaborações dos protocolos de biossegurança não foi diferente. Logo no começo da pandemia, o turismo não descansou e buscou alternativas para manter a saúde dos nossos visitantes, colaboradores e moradores da cidade”, disse o Presidente do IDB, Guilherme Polli.

Segundo Polli, foram unidos muitos esforços para manter funcionando o trade de Bonito que além do sistema S contou com ajuda do Poder Público. “Elaboraram sete protocolos de biossegurança, sendo um de cada segmento. Entendemos que o mundo estava e ainda está passando por uma difícil fase devido à Covid- 19 e buscamos soluções eficientes para manter a saúde de todos”, destacou.

O selo foi conquistado após o município ter implementado medidas de biossegurança preconizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A adoção das normas em saúde e segurança teve o apoio do Sebrae/MS, que por meio de parceria com Sesi/MS e Senac/MS, lançou em 2020 o programa Bonito Seguro, visando a retomada segura das atividades turísticas na cidade. “O (WTTC - World Travel & Tourism Council) é um resultado da organização e da seriedade do destino ao se preparar para retomar as atividades”, finalizou Guilherme Polli.

Bonito acumula bons resultados, tendo sido premiado diversas vezes como o melhor destino de ecoturismo do Brasil. Agora é considerado também uma atração internacional segura.