18 de maio de 2021
Campo Grande 32º 19º

#LUTO | ESPORTE

Campeã mundial de basquete, Ruth de Souza morre aos 53 anos, vítima da Covid-19

Atleta estava internada desde março, tratando a Covid-19

A- A+

A profissional de Educação Física e ex-jogadora de basquete, campeã mundial com a seleção brasileira, Ruth Roberta de Souza, morreu hoje (13. abril) aos 53 anos de idade, em Três Lagoas, sua cidade natal. A atleta estava internada desde março, tratando a Covid-19.  

Conhecida carinhosamente como Rutão, a ex-pivô disputou, pela seleção verde e amarela, os Jogos Pan-Americanos de Havana (1991), os Jogos Olímpicos de Verão de Barcelona (1992) e foi campeã mundial com a seleção brasileira em 1994, na Austrália.

Após a conquista dos troféus, voltou para Mato Grosso do Sul para atuar como técnica de basquetebol em Três Lagoas, integrando o quadro de servidores da Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer do município (Sejuvel). Em 2019, Ruth foi embaixadora dos Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul, promovidos pelo Governo do Estado, por meio da Fundesporte, com papel fundamental na motivação e inspiração de diversos atletas.

"Neste momento de extrema dor, toda a equipe de servidores da Fundesporte solidariza-se e manifesta apoio à família, colegas e amigos, com os mais sinceros sentimentos. Ruth Roberta de Souza deixará muitas saudades e será sempre lembrada, com muito carinho, por sua importante contribuição à Educação Física e ao desporto sul-mato-grossense e brasileiro", diz Nota de Pesar da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).