17 de setembro de 2021
Campo Grande 35º 22º

PORTA DOS FUNDOS

Cineasta Cadu Barcellos é morto a facadas

A- A+

O cineasta Cadu Barcellos, de 34 anos, foi morto a facadas na madrugada desta quarta-feira (11), no centro do Rio de Janeiro (RJ). Ele foi atacado próximo à saída do metrô na Avenida Presidente Vargas. As informações são do G1.

Conforme a publicação, Barcellos saiu da Pedra do Sal, no Santo Cristo, em um carro de aplicativo de carona com uma amiga que seguia para a direção oposta. Após deixar o veículo e caminhar alguns metros, foi atacado e morreu no local.

Até a manhã desta quarta, a Polícia Militar havia confirmado a morte e encaminhado o caso para a Delegacia de Homicídios. 

O produtor audiovisual ficou conhecido por codirigir o longa Cinco vezes Favela – Agora por nós mesmos, que narra diferentes histórias da periferia e foi exibido no Festival de Cannes em 2010. Barcellos também roteirizou e dirigiu o filme Cinco vezes Pacificação, como uma continuação de primeiro trabalho.

Outro filme em seu currículo é o documentário Favela Gay (2014), participando da equipe de pesquisa. Além disso, o cineasta atuava como assistente de direção do Greg News, programa de Gregório Duvivier, e integrou a equipe de produção do canal Porta dos Fundos. 

Em nota oficial, a equipe do canal de humor no YouTube informou que está "profundamente triste" com a morte de Barcellos, descrito como "um profissional amável, gentil, talentoso e dedicado". "Aguardamos a apuração dessa tragédia e esperamos pela justiça, cientes de que nada pode reparar a perda da vida de uma pessoa tão jovem e querida", encerra o texto.

Barcellos deixa a esposa e um filho de 2 anos.