03 de dezembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

NEGACIONISMO

Com 6 corpos em contêiner do HR, população duvida serem mortes por covid-19

O Hospital Regional registrou em 48h cerca de 10 mortes em Mato Grosso do Sul, provocadas pela Covid-19. O caso de um contêiner ser usado para colocar os corpos no lado externo do hospital, para a população sul-mato-grossense, trata-se de "algo não real". Após acompanhar comentários nas redes sociais, o MS Notícias observou que o negaciosismo à letalidade do vírus é de fato expressivo no Estado. Em uma publicação feita no site Correio do Estado, os leitores do veículo, um dos principais de MS, indicam, em sua grande maioria, descrença a realidade de que as mortes estão sendo devido ao coronavírus.      

O HR é a unidade de referência para o tratamento de pacientes com doenças causadas por coronavírus, em Campo Grande e Macrorregião, pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Em boletim divulgado pelo hospital no início da noite desta 2ªfeira há indicação de que 37 pacientes já morreram de Covid-19 no HR, seis a mais que o boletim de domingo (12.julho). 

VEJA ALGUNS COMENTÁRIOS DOS SUL-MATO-GROSSENSES


No site Campo Grande News, os leitores seguem o mesmo perfil:  

Os 37 óbitos do Hospital Regional equivalem a 11,4% de todos os 324 casos confirmados de doença que estão internados, ou que ocorreram pela unidade.  

Nem todas as mortes contabilizadas pelo Hospital Regional são de pacientes de Campo Grande. O boletim epidemiológico desta segunda-feira (13) não discrimina a origem dos pacientes, mas no domingo, quando havia 31 óbitos, 11 eram de pacientes no interior do Estado.  

Como há apenas oito gavetas mortuárias no Hospital Regional, uma direção de unidade ativa no domingo, autorizou o uso de um contêiner de geladeira para abrigar os corpos de vítimas de Covid-19. Na tarde e ontem, haviam seis corpos no local.  

O contêiner tem capacidade para 24 corpos disponíveis em malas e será usado sempre que não haja vagas na câmara mortuária da unidade.