12 de maio de 2021
Campo Grande 26º 17º

"De um dia para o outro"

De café luxuoso servido por garçons para pão com mantega na cadeia, assim começa a manhã de Pezão

Na manhã de hoje sexta-feira (30), o cardápio de café da manhã do governador do Rio de Janeiro foi bem simples

A- A+

O dia amanheceu nublado, mas a maioria dos campo-grandenses puderam caminhar ao ar livre, sentir o calor intenso e tomar o café da manhã em uma padaria qualquer, enquanto se dirigia para o trabalho. Mas em solos cariocas a vida de alguns não é mais a mesma nesse início de manhã... O sonho de muitos é ganhar na Loteria, podemos dizer metaforicamente que o governador do Rio de Janeiro "perdeu na Loteria".

Isso por que na manhã de quinta-feira (29), o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, tomava café da manhã servido por garçons no Palácio Laranjeiras, momento em que recebeu a visita indigesta de oficiais de Justiça que o levaram preso a uma unidade prisional de Niterói, na região metropolitana da capital fluminense.

Já na manhã de hoje sexta-feira (30), o cardápio de café da manhã do governador foi bem simples, composto por café com leite e pão com manteiga, segundo o G1.

Ao invés de ser servido por garçons, Pezão teve de agir como os demais presos e se servir da refeição por conta própria. Para almoços e jantas, o detentos na unidade costumam ter direito a arroz ou macarrão, feijão, farinha, carne, legumes, salada, sobremesa e refresco.

Pezão foi preso por suspeita de ter recebido mesada de R$ 150 mil oriundos de esquema criminoso nos tempos em que foi vice-governador de Sergio Cabral.