08 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 22º

TRAGÉDIA | "RUST"

Depois do tiro acidental, Filha de Alec Baldwin revela ameaças

Ator tem sofrido ameaças pelas redes sociais depois de acidente no set de filmagens

A- A+

Ireland Baldwin, 26, a modelo filha de Alec Baldwin, 63, revelou que seu pai tem sofrido ameaças pelas redes sociais depois disparar uma arma acidentalmente e tirar a vida da diretora de fotografia Halyna Hutchins no set de filmagens de "Rust".

Pelo Instagram, a modelo compartilhou uma mensagem positiva que recebeu de um colega que já havia trabalhado com Alec em outra produção, mas deixou claro na legenda que as ofensas e ameaças são inúmeras. 

"Em meio aos comentários, emails, mensagens e áudios abomináveis e ameaçadores que tenho recebido, esse lindo comentário se destaca. Eu conheço o meu pai e vocês não. Eu te amo, papai", postou ela.

A mensagem compartilhada mostra o que diz uma pessoa que trabalhou com Alec nas gravações das dublagens do desenho animado "Thomas e Seus Amigos".

"Há um milhão de anos trabalhei no escritório em Toronto da produtora responsável por 'Thomas e Seus Amigos'. Lidei com algumas celebridades bem idiotas na minha época, mas seu pai [Alec Baldwin] não era assim", diz.

"Ele só queria ter certeza que tinha leite e cereal no quarto de hotel dele enquanto a filha o visitava. Ele era assim. O tempo todo. Sempre vou me lembrar disso", emendou.

Ireland, filha também de Kim Basinger, ficou irritada na segunda-feira (25) com as postagens nas redes sociais feitas pela comentarista conservadora Candace Wens, que politizou o disparo acidental no set de "Rust".

"Alec Baldwin passou quatro anos se dedicando a pintar Donald Trump e seus apoiadores como assassinos do mal. O que aconteceu com Alec seria um exemplo de justiça poética se não fosse pelos próprios inocentes que foram assassinados por ele. Ore por suas famílias. Tão triste", escreveu Candace.

A filha do ator compartilhou as postagens de Candace no Instagram e disse que ela é o "ser humano mais nojento, odioso e canceroso" que já conheceu. "Independentemente de suas opiniões sujas na maioria das vezes, o fato é que você desrespeita a vida de uma mulher que foi morta acidental e tragicamente. Que vergonha. Sim, vou prosseguir e fazer uma pausa no Instagram. Tenho vergonha de [respirar] o mesmo ar que esta mulher", escreveu a modelo.

Ela finalizou dizendo que se a pessoa está tentando difamar seu pai pelo tiro acidental pode deixar de seguir suas redes sociais. "Mas realmente aperte o botão de parar de seguir se você está tentando difamar meu pai e tuitar essas declarações horríveis sobre esta situação trágica. Parte meu coração que as pessoas sejam tão odiosas e ignorantes", desabafou.