25 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

Morador de rua

Empresário joga água na cara de morador de rua e é denunciado

Ele queria expulsar o homem da calçada

Uma cliente, que terá o nome preservado, usou as redes sociais para fazer um desabafo sobre uma situação ocorrida em uma doceria na Rua Antônio Maria Coelho,  no centro, em Campo Grande.

O caso aconteceu na manhã de hoje (21). Conforme relato da mulher, no grupo ‘Aonde Não ir’, do Facebook, ela estava no local, com o filho e uma amiga, quando foi abordada por um morador em situação de rua.

Segundo ela, o homem a abordou logo na entrada do comércio e pediu algo para comer, após o pedido, ela contou que ele permaneceu na calçada, até que o dono do estabelecimento apareceu e abordou o morador de forma ríspida.

“Veio um senhor que depois descobrimos ser o dono da Doçurinha para expulsar o morador de rua da calçada, este que com extrema violência molhando o sem teto, e tentando bater nele com uma vassoura, como ninguém é obrigado a ser agredido e ficar quieto o morador de rua revidou”, diz.

Ainda conforme a consumidora, uma funcionária, que estava lavando a calçada ficou ferida.  A indignação, conforme a denunciante, é pela forma como o morador foi tratado.

“O dono do estabelecimento e o morador de rua, resumindo em suma um empresário que acha que tem o direito de agredir uma pessoa simplesmente por estar em frente ao seu comércio com extrema violência , todos que estavam no local presenciaram a cena de não menos digna de bicho porque ninguém é melhor que ninguém porque tem dinheiro ou é dono de algum lugar”.

No post, a mulher comenta que foi embora após o ocorrido.  Nos comentários, muitos clientes repudiaram a ação.

Tentamos contato com o comércio através do telefone, mas ninguém atendeu.