27 de setembro de 2020
Campo Grande 39º 25º

Esporte

Fernandinho conseguiu! Vai ao Campeonato Europeu de Jiu-Jitsu, após vender balas

Acordamos hoje com uma notícia sensacional. O lutador de Jiu-jitsu Fernandinho, que vendia balas em semáforos da Avenida Paulista, em São Paulo, embarca dia 9 de janeiro para a Europa.

Fernando Silva, de 24 anos, ganhou as passagens e o valor da estadia para disputar o Campeonato Europeu, depois que a história dele foi contada aqui no SóNotíciaBoa em abril.

“Sair de onde eu saí… Eu moro na periferia de Carapicuíba, não sei se você tem noção, mas é periferia da periferia de São Paulo. De onde eu vim, ninguém vai pra Europa não, cara. É muito louco isso. Pessoas próximas a mim, que não sabiam do meu objetivo, começaram a me ajudar depois que viram as postagens nas redes sociais. Eu não tinha coragem de falar que eu não tinha grana para ir “, disse Fernandinho em entrevista ao SóNotíciaBoa.

Apoio de famosos

“Depois que o SóNotíciaBoa postou, teve a RecordTV [que viu a matéria e fez uma reportagem], o Diego Hypólito ficou sabendo de mim… me mandou o post, o Werdum, lutador de UFC, ícone mundial, segue o SNB, viu a postagem, me mandou uma mensagem. Quando eu vi a mensagem dele eu quase endoidei, um cara profissional que está onde eu quero chegar o futuro e tal, o cara compartilhou e bombou ainda mais minha rede social. Bateu 3 mil visitas por dia, uma loucura. Mensagens, eu tinha mais de 200 por dia. A maioria me ajudou compartilhando e essa força eu acredito que seja a maior força da internet.”

O dinheiro

Fernandinho contou que não conseguiu os 7 mil reais que pediu na vaquinha, mas chegaram outros tipos de ajuda.

“Eu não ganhei a grana toda, mas ganhei a passagem de um colega nosso que trabalha na Azul. Diversas pessoas apareceram de Portugal falando ‘eu sou brasileiro, fica na minha casa, não gasta com hospedagem não’, mas eu vou pagar a hospedagem pra ficar perto do estádio, uma estratégia pra não ter desgaste”, disse.

O lutador revelou que ganhou outro presente importante: o custo da faculdade de Nutrição que ele faz.

“Eu faço bicos no Dealer Sports Pub, de Alphaville. Lá eu conheci o Fábio que virou meu irmão, me abraçou de um jeito! Eles se propuseram a pagar a minha faculdade. A passagem para a Europa chegou através de um amigo dele também”, contou.

A viagem

“Graças a Deus deu tudo certo. Hoje eu estou com a minha passagem na mão, a hospedagem reservada, continuo trabalhando no pub pra levar a grana da alimentação… reta final. Tudo planejado, tudo certo!”, comemorou o lutador.

“Eu já tenho quase 400 euros, com a grana do meu trabalho também. Faltam uns 200 euros. Mas estou fazendo os bicos, tá tudo certo”.

Corrente do bem

Depois da campanha, Fernandinho conheceu de perto o poder da solidariedade e viu quanta gente boa existe nesse mundo.

“Como é importante a gente conhecer pessoas, tá ligado? As vezes eu não tenho isso, você não tem aquilo, mas eu conheço você, que conhece alguém, eu conheço alguém que conhece alguém que pode te ajudar, me ajudar, às vezes uma influência ali, já te joga lá na frente e tal”.

Medalha

Claro que a gente torce para o Fernandinho trazer para o Brasil a medalha de ouro no Campeonato Europeu de Jiu-Jitsu e ele fez uma promessa

“Ninguém que vai para campeonato pode garantir medalha, velho, mas uma coisa eu garanto, pra ganhar de mim o nego vai ter que fazer força, muita força, porque eu vou com unhas e dentes pra cima desses caras. E não tem papo. Estou treinando todo dia. Entro de manhã e saio só 9 horas da noite, sem massagem”, afirmou.

Fernandinho terminou a entrevista com a humildade e gratidão de um campeão:

“Meu objetivo agora é agradecer a todo mundo que meu deu uma força. Muito obrigado por tudo. Muito obrigado”, finalizou o lutador.