22 de setembro de 2020
Campo Grande 27º 18º

NESTA QUINTA-FEIRA

Fulano di Tal apresenta peça teatral inspirada em obra de Manoel de Barros

Histórias infantis à adultos e crianças inspiradas em obra de poeta de MS

O peça teatral “A Fabulosa História do Guri-Árvore”, acontece de amanhã, quinta (30) até domingo (02), às 19h30min, na Urgente Cia de Teatro, próximo a Feira Central, em Campo Grande. A obra promete agradar crianças e adultos a magia do teatro e texto livremente inspirado na obra do poeta Manoel de Barros

A história dos irmãos Abílio (Dogulas Moreira) e Plamiro (Edner Gustavo), que se usa de ‘uma amontado e coisas desúteis’ para guiar o espectador em viagem por uma terra estranha. Essa é a abordagem da peça com texto de Edner Gustavo e Manolo Schittcowisck, livremente inspirados na obra do poeta sul-mato-grossense, Manoel de Barros, “A Fabulosa História do Guri- Árvore”.

O objeto literário utilizado por Manoel nessa obra, o leva ao quintal de sua casa, onde ele refaz os contos de sua infância. A peça tem duração de 60 minutos, com direção de Marcelo Leite e encenação coletiva do Fulano di Tal.

A classificação é livre. A“Fabulosa História do Guri-Árvore”, conta histórias infantis por meio do lúdico teatral da animação (objetos, bonecos e sombras), pantomima e da palhaçaria. Abílio e Palmiro narram histórias de suas infâncias. 

Outras grandes personalidades representadas na peça são: a Professora Maria da Glória Sá Rosa, Lídia Baís e Wega Nery. Na trilha, composições originais feitas especialmente para o espetáculo pelo músico e ator Ewerton Goulart. Os ingressos são limitados a 40 lugares.

SERVIÇO

QUANDO: De 30 (quinta-feira) até 02 de fevereiro (domingo)

QUE HORAS: Sempre as 19h30

ONDE: Na Urgente Companhia de Teatro – na Rua Doutor Termistocles, nº 64 – Centro de Campo Grande.

QUANTO: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), comprando antecipado todos pagam meia.

ONDE COMPRO: os ingressos podem ser reservados através da lista amiga pelo telefone/watts (67) 99339-5734.  Outras informações podem ser adquiridas nas redes sociais do Fulano di Tal. (Com assessoria).