26 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

JUSTIÇA

Fundac é multada em R$ 18,7 mil e tem licitação de R$ 300 mil impugnada pelo TCE

Conselheiro do tribunal observou duplicidade em licitação com empresa de segurança da Capital

Em sessão da Segunda Câmara no Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul, realizada ontem, terça-feira (19), o conselheiro Ronaldo Chadid aplicou multa a Fundação Municipal de Cultura de Campo Grande no valor de R$ 18.786,81, por realizar contrato injustificado com a WM Segurança Ltda.

O valor da licitação contratual foi de R$ 302.400,  licitado em duplicidade a mesma empresa, no entanto, o MS Notícias entrou em contato com a WM que informou, que nenhum valor foi recebido e que seriam apuradas as informações junto ao jurídico da empresa.

Segundo a determinação do conselheiro, além da multa de 653 UFERMS foi ordenada a impugnação do valor dispendido na execução financeira do contrato de R$ 377.747,70 (trezentos e setenta e sete mil setecentos e quarenta sete reais e setenta centavos), para a recomposição do dano causado aos cofres públicos.  

O MS Notícias entrou em contato com  a Secretaria de Cultura e Turismo de Campo Grande, que justificou que a cobrança está relacionada a Fundação, que agora é Secretaria. 

A multa foi aplicada contra a resposável pela Fundação na época, Juliana Zorko Silva, explica a nota do TCE. 

*Materia alterada as 13h17m para correções de informações.