30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

NEGLIGÊNCIA

Homem picado por escorpião morre após pegar pneumonia na Santa Casa

Ninguém teria dado ao paciente medicamento específico para picada de escorpião, segundo a filha

Um homem de 55 anos morreu seis dias após ser picado por um escorpião e ter a situação agravada ao ser internado no hospital, em Campo Grande.

Conforme a investigação, a filha dele prestou depoimento e contou que o pai foi picado no período noturno, no dia 11 de abril deste ano, sendo encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vila Almeida.

Na unidade hospitalar, deram a ele um remédio para dor e, em seguida, o homem teve alta médica e foi levado para a casa dele. No outro dia, a vítima conta que começou a sentir dores na barriga e não conseguia mais urinar.

Mais uma vez, ele foi levado para a UPA e depois encaminhado para a Santa Casa, na última terça-feira (14.abril). Ele então foi levado diretamente para a ala vermelha, sendo que o quadro de saúde dela agravou e ele faleceu nesta madrugada, por volta das 1h34 (de MS).

A testemunha comentou ainda que acompanhou o pai durante todo o tratamento hospitalar e que o seu pai não tomou nenhuma medicação especifica para picada de escorpião. Já na Santa Casa, ela disse que o paciente contraiu uma pneumonia (doença provocada por micro-organismos [vírus, bactéria ou fungo] ou pela inalação de produtos tóxicos) e o quadro evoluiu resultando em insuficiência respiratória.

O caso foi registrado como morte a esclarecer, na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro.

Fonte: G1 MS