26 de outubro de 2020
Campo Grande 27º 22º

Nove tiros

Homem tentou correr antes de ser morto a tiros de pistola

Wellington Jackson Batista Bezerra, 31 anos, foi atingido por ao menos nove tiros no Conjunto Residencial Estrela do Sul

Wellington Jackson Batista Bezerra, de 31 anos, tentou correr antes de ser morto com ao menos nove tiros na manhã desta quarta-feira (8), no Conjunto Residencial Estrela do Sul, em Campo Grande. Prova disso, segundo a Polícia Civil, é que o chinelo dele foi encontrado no meio do caminho.
 
À reportagem do Campo Grande News, o delegado Camilo Kettenhuber do 2º DP explicou que este chinelo estava a poucos metros de distância de onde o corpo da vítima foi encontrado. Bezerra foi morto a poucos metros da casa em que morava.
 
O delegado comentou ainda que tanto a vítima quanto o suspeito estavam a pé. Segundo Kettenhuber, o assassino acertou o primeiro disparo na perna da Bezerra e depois foi até o local onde a vítima tinha caído e continuou atirando.
 
Bezerra estava apenas com um aparelho celular quando foi executado. Ele já tinha passagens na polícia por e respondia processo por tráfico de drogas e por porte de arma. Em agosto de 2017, ele foi preso com mais dois homens por tráfico de drogas, no Bairro Estrela do Sul. Na ocasião, eles guardavam 396 quilos de maconha congelada em um freezer, numa casa do Jardim das Cerejeiras.
 
O delegado ressaltou que ainda é precipitado afirmar que a morte tem ligação com o tráfico de drogas. “A polícia está trabalhando com várias vertentes”, disse.
 
Em relação ao suspeito, o delegado informou que até o momento a polícia ainda não tem a identidade confirmada, mas “as investigações caminham a passos largos”.
 
Kettenhuber enfatizou ainda que a Polícia Civil tem informações importantes sobre o crime e acredita que a investigação vai chegar no autor no crime nas próximas horas.