26 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

Covid-19

Idosa morta pela covid-19 ficou na UTI e usou cloroquina no tratamento

O marido dela também testou positivo e se recuperou da doença

A idosa Madalena Aparecida Ferreira, 75 anos, é uma das vítimas que morreram da Covid-19, em Mato Grosso do Sul. O Estado registrou duas novas mortes, conforme dados do novo boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (27), com o registro da morte do caminhoneiro Antoninho Muller, 56 anos, e de Madalena.

De acordo com uma nota emitida pela SMS (Secretaria Municipal de Saúde) de Bataguassu, Madalena testou positivo para a doença no dia 11 de abril. Ela foi internada na UTI da Santa Casa de Paranaíba e ficou entubada.  

O quadro de saúde da idosa se agravou e ela não resistiu. Ela chegou a fazer tratamento com hidroxicloroquina, medicamento que se tornou polêmico nas últimas semanas contra o Novo Coronavírus.

O marido de Madalena, um homem de 89 anos, também foi diagnosticado com a doença, teve alta do isolamento domiciliar e não apresenta mais sintomas.