24 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 20º

Infraçao

Mãe de cadeirante desabafa sobre carro estacionado em frente à rampa de acesso

Mulher usou rede social para denunciar descaso

Moradora de Caarapó Amália Perez, usou sua página do Facebook para fazer um desabafo sobre os problemas enfrentados por quem é cadeirante no município que fica a 373 quilômetros de Campo Grande.

Na rede, ela denuncia um flagrante onde um veículo estacionado em frente à rampa de acesso para pessoa com deficiência.

Conforme o Caarapo News, na postagem a mulher diz que tem um filho cadeirante e que é raríssimo sair no centro da cidade, ao não ser em caso de extrema necessidade, ou às vezes ir até Praça Central levá-lo para tomar um sorvete.

“Não saio com ele devido a falta de acessibilidade nas ruas de Caarapó. Nesta quarta-feira (29) precisei sair com ele e na rua que estava o estabelecimento que íamos não havia uma sequer rampa para cadeirante por perto. Para complicar ainda existe alguns motoristas que se sentem donos da cidade”, observou.

“Nesta quinta-feira (29) precisei voltar ao centro da cidade de novo com meu filho, onde fui resolver questões de documentos dele e para minha tristeza me deparo com um veículo preto que não viu a faixa amarela e a faixa de pedestre e achou de estacionar bem ali onde por azar eu e meu filho íamos passar com a cadeira”, comentou Amalia.

“Como hoje eu saí sem meu bloquinho auto colante você levou sorte "dono (a) do veículo porque dá próxima seu carro vai ficar cheio de recadinhos carinhosos te lembrando que ali não se estaciona. Por favor, não estacionar na faixa amarela não é favor que você faz a nós pedestres e a cadeirantes é proibido. Fica aqui o desabafo de uma mãe de cadeirante”, disse a moradora.

Aproveitando a postagem uma internauta escreveu: "Infelizmente essa é a realidade. Passo o mesmo toda vez que saio com meu esposo que também é cadeirante. Triste saber que as pessoas não respeitam as rampas, não sabem o qto é dificil", comentou.