04 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 24º

HABITAÇÃO

Mais de 1,4 mil famílias receberão casas na Capital, diz secretário

Obras estão em fase de acabamento, 80% concluídas, anunciou Governo de MS

O Governo do Estado enunciou que 1.421 famílias de Campo Grande devem ser beneficiadas com a conclusão de projetos habitacionais em Campo Grande.

As regiões que devem ser beneficiadas são do Lagoa e Imbirussú, com obras em fase de acabamento, 80% executada, nos residenciais Portal Laranjeiras e Residencial Sírio Libanês I e II.

O secretário Especial de Gestão Política da Capital, Carlos Alberto de Assis visitou ontem (terça-feira - 04) obras nessas localidades e enumerou outros empreendimentos que estão previstos para serem entregues ainda em 2020. “A sua equipe de governo [Reinaldo Azambuja] trabalha para fazer essas entregas. Este ano ainda, estaremos entregando os residenciais Portal Laranjeiras, Aero Rancho 7 e 8, o Armando Tibana, o Jardim Mato Grosso, e o Sírio Libanes I e II”, enfatizou Assis.

A diretora-presidente da Agência de Habitação Popular (Agehab), Maria do Carmo Avesani, destacou o perfil social dos futuros moradores e a importância de entregar uma obra de qualidade e dentro do prazo. “Nesses residenciais vão morar famílias com maior necessidade de apoio do poder público, que tem a maior necessidade de subsídio. Nosso objetivo é entregar essas moradias com toda infraestrutura, com área de lazer e espaço comunitário”, orientou.

Nos últimos cinco anos de Reinaldo Azambuja foram entregues 2.813 moradias em Campo Grande, e outras 2.024 estão em fase de execução pelo Governo do Estado na Capital.

INVESTIMENTOS

Os residenciais Portal Laranjeiras e Sírio Libanês I e II, integram o Programa Minha Casa Minha Vida – FAR (Fundo de Arrendamento Residencial), do Governo Federal, com contrapartidas do Governo do Estado e município. 

No Sírio Libanês I e II, o investimento total da obra é de R$ 24.887.738,26, sendo, R$ 4,2 milhões de contrapartida do Governo do Estado. O investimento total do Portal Laranjeiras é de R$ 36.307.916,97, e a contrapartida estadual é de R$ 6,8 milhões.

COMO SÃO AS CASAS?

De acordo com o projeto habitacional, cada casa tem dois quartos, sala de estar e jantar integrada, banheiro adaptável e área de serviço, num espaço interno de 47,01 m². A área comum dos residenciais será composta de playground, quadra de esportes de areia e espaço para eventos com banheiros adaptáveis.