23 de outubro de 2020
Campo Grande 33º 22º

"FIQUE EM CASA"

Marquinhos diz que manterá decretos e que acredita na verdade científica

Prefeito pede para o povo continuar em casa, orientação médica em todo o mundo

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), foi na contramão da orientação do presidente Jair Bolsonaro. Trad disse que a ciência já comprovou que a doença é grave e mata. Por isso, o prefeito afirmou, entre uma fala política e a verdade científica, "Campo Grande abraça a ciência", disse em sua rede social agora a pouco (24.março). Marquinhos afirmou que Campo Grande manterá os decretos municipais, seguindo as recomendações dos ministérios e alinhando as ações com resto do mundo.  

Em seu pronunciamento na TV Brasil, agora a puco, Bolsonaro atacou as ações dos governadores e também reforçou sua opinião de que o vírus não passa, segundo ele, de "uma gripizinha, um resfriadinho", afirmou o presidente.  

Conforme Marquinhos, as críticas feitas pelo presidente, não irão afetar as medidas impostas em Campo Grande. “Vou manter todos os decretos e vou continuar cuidando dos campo-grandenses como cuido da minha família”, concluiu.

VEJA AQUI O PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA JAIR BOLSONARO