16 de maio de 2022
Campo Grande 21º 13º

POLÊMICA | BLOQUEADO

Moradora de MS processa cantor Gusttavo Lima por "tornar a vida dela um caos"

Artista pode acabar sendo processado por gente de todos os estados brasileiros após música "Bloqueado"

A- A+

Moradora de Fátima do Sul (MS), Alessandra Ribeiro Duarte, de 33 anos, vai mover ação processual pedindo a derrubada do clipe "Bloqueado", do cantor sertanejo Gusttavo Lima. 

A letra da música diz: "Me bateu uma saudade / Daquelas que o coração arde / 9***-5003 / Olha eu recaindo outra vez", e com isso tem causado muitos problemas para Alessandra, tornando a vida dela um caos.  

A sul-mato-grossense diz que está recebendo mais de 300 ligações por dia de fãs do artista, após Gusttavo disponibilizar um número real na letra da canção, justamente o número que era utilizado por Alessandra. 

"Meu telefone toca 24h, são mais de 300 ligações por dia, e mais de duas mil mensagens por dia, não tenho paz", explicou.

De acordo com a moradora, o número dela é antigo e tem muitos contatos e que por isso não vai trocar de número e chip. "Cheguei a ligar na produção do cantor Gusttavo Lima, eles mandaram trocar meu chip, mas não vou fazer isso, jamais vou ficar no prejuízo e o Gusttavo Lima fazendo sucesso com a música", revelou.

Alessandra encaminhou um print para jornais locais sul-mato-grossenses onde mostra as inúmeras mensagens de fãs, mandando parte da da música e até mesmo xingando Alessandra por ter processado o cantor. Se sentindo prejudicada a mulher resolveu processar o cantor por dano moral.

Como várias pessoas têm o mesmo número Brasil afora, apenas com DDDs diferentes, Gusttavo Lima pode ser processado por gente de todos os estados brasileiros. “Já sei de uma menina de São Paulo que está sofrendo do mesmo jeito e entrou na Justiça”, conta. No caso da paulista, o pedido é de R$ 105 mil por danos morais e também a exclusão do vídeo clipe.