10 de maio de 2021
Campo Grande 32º 18º

MSGÁS

MSGÁS faz ação solidária no Dia da Mulher

A- A+

Palestras e presentes em alusão ao Dia Internacional da Mulher foram substituídos por mais solidariedade na Companhia de Gás do Estado de Mato Grosso do Sul (MSGÁS). Colaboradoras da Companhia estiveram nesta manhã (8.3), no Asilo São João Bosco, onde distribuíram rosas e entusiasmo para as 26 senhorinhas residentes. “A ideia foi fazer uma doação da gente para essas mulheres. Ao invés da comemoração tradicional optamos por gestos, gestos de solidariedade”, explicou Maria Elizena Muzzi, presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) da MSGÁS e uma das idealizadoras da ação.

Dona Antônia Pinto, a idosa mais antiga do Asilo foi uma das 26 mulheres que aguardava ansiosamente, às 7h30, pelo café que também foi servido. Há 30 anos no local, ela não deixou a sinceridade de lado. “Eu preferia boneca, daquelas bem grandes. Mas o lanche tava muito bom”, destacou.

Já para dona Terezinha de Jesus, a ação foi uma grata surpresa duas vezes. “Eu achei emocionante, não esperava essa manifestação de vocês, partindo das próprias mulheres”, disse. Outro momento surpresa para ela foi reencontrar uma ex-aluna do ensino fundamental. Terezinha foi professora da engenheira civil e analista de segurança da Gerência de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da MSGÁS, Maria da Glória Lorenzzetti, que atua na Companhia há 17 anos. “A Terezinha é foi minha professora na escola de alfabetização no primeiro ano A, B e C, no externato São José, primeira escola particular de Campo Grande. Foi ela quem alfabetizou muitos médicos, advogados, engenheiros e diversos outros grandes profissionais que temos hoje em Campo Grande”, relatou.

Segundo a superintendente do Asilo, Cleo Shamah, a ação foi super importante para as senhorinhas. “Elas se sentem valorizadas, acolhidas, sentem todo o carinho que vocês trouxeram. Toda a ação, instituição, parceria, empresa, que vem fazer um trabalho de acolhimento, de carinhos pros nossos ‘vôs’, é super bem-vindo, muito válido”. Ainda segundo Cleo, todas as datas comemorativas são celebradas, mas este ano o Dia Internacional da Mulher não tinha nada programado. “Fizemos natal, bailinho de carnaval, mas o dia da mulher não tínhamos pensado. Então essa ação da MSGÁS veio na hora certa, foi um ato diferente que elas não estão acostumadas, estão sempre com aquele café no mesmo horário, sempre a mesma coisa. Daí vem um lanche diferente e todas essas mulheres em volta, dando carinho com as flores, acho que foi um dia muito especial e que vai ficar na memória delas”, finalizou.

O Asilo São João Bosco

A superintendente do Asilo, Cleo Shamah.

O Asilo São João Bosco nasceu da boa vontade de um grupo de homens que tinham como objetivo principal dar assistência a idosos carentes e desamparados. No ano de 1923 surge a instituição, que no início era uma pequena casa alugada com um número considerável de idosos.

Localizada no bairro Tiradentes, atualmente o Asilo aceita diversos tipos de doação: seja através de visitas, proporcionando atenção e carinho; programação de eventos de recreação, ginástica, caminhadas, trabalhos manuais; desenvolvendo trabalho voluntário nas áreas de fisioterapia, terapia ocupacional, psicologia ou com recursos financeiros e doações de alimentos.

Mais informações sobre doações podem ser obtidas através do site ou pelo telefone (67) 3345-0500.