22 de outubro de 2020
Campo Grande 33º 22º

MORADIA

O que você precisa saber sobre a segurança em prédios

Ideais para quem busca segurança, os condomínios são uma ótima e completa opção de moradia

Quem está buscando apartamento para comprar em São Paulo sabe que existem diversas formas de morar na capital. Para quem busca a “vibe” do interior em meio ao cenário urbano, as casas trazem espaço e tranquilidade. Quem tem uma vida mais agitada e cheia de compromissos, escolhe um flat pelos benefícios semelhantes aos de um hotel. Já quem preza pela segurança de uma família, por exemplo, opta pelos condomínios residenciais.

Repletos de atividades e infraestrutura, essas formas de moradia também estimulam o convívio em comunidade oferecendo eventos internos como feiras, espetáculos e dias temáticos para a diversão das crianças. Além disso, os condomínios também trazem portaria 24 horas, muros altos e seguranças treinados para a tranquilidade dos moradores. Confira como funciona a proteção profissional de um edifício!

OS TRÊS PILARES DA BOA SEGURANÇA

Após um extensivo planejamento de como as coisas irão funcionar de acordo com a rotina dos moradores, três pontos devem estar muito bem definidos:

• Procedimentos de segurança – Assim como disse Isaac Newton, toda ação gera uma reação. Nesse caso, é preciso definir as ações para as diversas situações que são apresentadas ao condomínio como entrada e saída de moradores, política de recebimento de entregas e investigação de infrações ao regulamento do prédio.

• Equipe especializada – Treinado tanto na forma de interagir com os moradores quanto nas tecnologias adotadas pelo condomínio, o time reunido (ou a empresa contratada) deve monitorar e atualizar constantemente os parâmetros de segurança do espaço.

• Infraestrutura da segurança – Aqui entram os elementos que devem otimizar o trabalho do pessoal que cuida dessa área do condomínio. Dessa forma, guaritas com vidro escurecido, canais de comunicação da equipe, instalação de cercas elétricas, iluminação interna e externa, câmeras e circuito fechado de TV são alguns dos pontos que precisam ser avaliados nesse planejamento.

PAPEL DOS MORADORES TAMBÉM É IMPORTANTE

Habitar em comunidade pede aos moradores que ajam de acordo com o bom senso para contribuir não só com a própria segurança, mas também com a dos demais condôminos. O ambiente tranquilo desenvolvido por meio do planejamento citado acima também depende das boas ações de cada um.

Dessa forma, avise na portaria quando for receber visitas, nunca permita que estranhos entrem no condomínio sem que se identifiquem na portaria e deixe comunicado à segurança quando for se ausentar por algum tempo de seu apartamento. Além disso, sempre compareça às reuniões de condomínio para entender o que está sendo executado em termos de segurança e de forma geral.

PORTARIA REMOTA É UMA TENDÊNCIA

O futuro da segurança em condomínios já está acontecendo! Atualmente indicados para prédios com até 50 unidades, os sistemas de portaria remota trazem maior comodidade e facilidade para os moradores. A implantação traz recursos como abertura automatizada de portões por biometria ou reconhecimento facial, acesso às câmeras de segurança via smartphone e muito mais!

Além de facilitar a vida, a tecnologia também reduz o orçamento mensal do condomínio com portaria e a economia com a folha salarial pode ser revertida em outras benfeitorias para o prédio!

CONCLUSÃO

Necessária para a tranquilidade dos moradores, a segurança do prédio deve ser feita a partir de um planejamento, executada por uma equipe treinada e respeitada pelos condôminos para que funcione corretamente. Consulte o regulamento ou o síndico do prédio que você pretende morar para tirar suas dúvidas!