02 de maro de 2021
Campo Grande 33º 21º

"FAKE NEWS"

Ocupação em fazenda de MS gera notícias falsas sobre áreas e líderes do movimento

Associação de trabalhadores rurais ocupou a Fazenda Branca em Inocência

A associação dos trabalhadores rurais de Mato Grosso, teria ocupado duas fazendas em Mato Grosso do Sul, nos municípios de Inocência e Cassilândia, as ocupações se deram no sábado (11), no entanto a informação está errada. Apenas a fazenda Branca foi ocupada, a outra em Inocência é do sogro de um delegado. 

Conforme o site InterativoMS, ao menos 150 famílias da Associação de Trabalhadores Rurais Bom Pastor, montaram acampamento na Fazenda Branca, e Inocência. E teriam ocupado também a fazenda Tamanduá em Cassilândia. Os assentados divulgaram fotos e vídeos em suas redes sociais, do momento da ocupação. 

Conforme o site Campo Grande News, apenas uma das fazendas, a Fazenda Branca, foi ocupada. A outra seria do sogro de um delegado da Polícia Civil, e após verificação não haviam assentados na região. Segundo a Policia Militar a denúncia foi feita através de um telefone com prefixo (65), de Mato Grosso. 

Sites chegaram a divulgar que o Movimento Sem Terra (MST), estaria envolvido nas ocupações. Mas líderes do movimento negaram participação. Em nota o MST informou estar solidarizado aos ocupantes: 

“Ocupar o latifúndio improdutivo, ocupar áreas que tem dívidas com a União e assentar famílias dando-lhes dignidade, é papel de toda organização que luta por terra, sendo assim nos solidarizamos com essas famílias, todavia esclarecemos que a Associação dos Trabalhadores Rurais Bom Pastor não tem vínculo com o MST. Nesses municípios não possuímos assentamentos e nem acampamentos”, afirma a nota.