05 de dezembro de 2020
Campo Grande 30º 24º

Polícia

Operação mira milicianos envolvidos nas mortes de jornalistas e de vereador em Maricá

Dentre os alvos estão um policial civil e cinco PMs

Rio - A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) e o Ministério Público estadual (MPRJ) fazem, desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira, uma operação contra uma milícia que age em Maricá, na Região Metropolitana do estado. São 39 mandado de busca e apreensão, que estão sendo cumpridos em endereços ligados aos suspeitos. Dentre os alvos estão um policial civil e cinco PMs.
O grupo paramilitar é investigado por uma chacina de cinco jovens em um condomínio, no dia 25 de março do ano passado, e pelos assassinatos dos jornalistas Robson Giordano, no último dia 25 de maio, e Romário da Silva Barros, em 18 de junho, além das mortes do vereador Ismael Breve e do filho dele, Thiago Marins, no dia 22 de agosto. Todos os crimes aconteceram em Maricá.
De acordo com as investigações, parte da quadrilha participou diretamente da execução dos jovens como das outras mortes. O grupo é investigado pelos crimes de homicídio e organização criminosa.
As corregedorias das polícias Civil e Militar também participam da ação. A maioria dos mandados é cumprida em Maricá, mas a ação se estende ainda pela capital, São Gonçalo e Baixada Fluminense.