28 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Golpe

Pediatra tem Whatsapp clonado e paciente cai em golpe

A- A+

Uma mulher, de 37 anos, procurou a Delegacia Civil após cair em um golpe, na tarde desta quarta-feira (17), em Campo Grande. A vítima depositou R$ 1.250 supostamente a pedido da pediatra da sua filha e só descobriu que se tratava de um golpe quando a médica contou que seu Whatsapp havia sido bloqueado.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher recebeu uma mensagem do número da pediatra dizendo que estava finalizando a venda de um carro, mas não conseguia acessar o aplicativo do banco e, por este motivo, precisava de um empréstimo de R$1.250 para pagar o despachante.

Na confiança por ter confirmado que o número era mesmo da conhecida, a vítima fez a transferência e entrou na página pessoal da médica no Facebook. Pelas redes sociais, a pediatra compartilhou com os seguidores que o seu Whatsapp havia sido clonado e caso alguém recebesse alguma mensagem era de um golpista tentando se passar por ela.

A vítima ligou para o marido e informou do golpe. Alguns minutos depois, o homem também recebeu a mesma mensagem pedindo o mesmo valor emprestado. Como já sabia que se tratava de um crime, o casal procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e registrou o boletim de ocorrência.

Em consulta ao Google, a família descobriu que a agência favorecida fica localizada na Avenida Rio das Pedras, em Aricanduva (SP).