30 de setembro de 2020
Campo Grande 40º 23º

PSICOLOGIA

SPMS afirma que o COVID 19 pode impactar na saúde mental da população

Os transtornos podem ser variados e intensos, com repercussões às vezes inesperadas, inusitadas


 mundo está vivendo uma situação única, uma espécie de "guerra mundial" contra um inimigo invisível. A possibilidade de adoecer, de perder alguém querido, o medo de uma provável crise financeira, situações ameaçadoras por si só, além disso, o isolamento trouxe uma mudança significativa na rotina da população e segundo a Sociedade Psicanalítica de Mato Grosso do Sul (SPMS) essa alteração brusca nos costumes diários pode trazer insegurança e levar a colapsos internos.

Os transtornos podem ser variados e intensos, com repercussões às vezes inesperadas, inusitadas. Diante de uma situação traumática, à medida que impõe privação, frustração, dor, a pessoa pode reagir de diversas formas diante da realidade: pode negar o que está acontecendo, pode se opor ou ficar a favor do fato, pode se desestruturar, se recompor ou se reinventar e há aqueles que respondem a qualquer crise de maneira criativa, refletem sobre o fato, buscam saídas, aprendem lições, podendo inclusive, fazer modificações significativas em suas vidas após a crise.

A presidente da SPMS, Cátia Codorniz, afirma que o melhor a se fazer nesta hora de tanta incerteza é ter calma, refletir, cuidar de si mesmo e dos outros, mesmo que virtualmente. "Teremos que buscar o autoconhecimento, encontrar formas diferentes e inusitadas de desfrutar da vida e principalmente manter a saúde mental, esta será nossa riqueza".
 
E ressalta: "Não há álcool em gel ou isolamento social que proteja contra os inimigos internos como o medo, a sensação de impotência, insegurança e desamparo. Mas a esperança pode! Precisamos lembrar que é o sentimento de esperança que nos fortalece contra a inundação constante de notícias apavorantes e desesperadoras que podem provocar o pânico e outros sentimentos destrutivos, massacrantes até. Como tudo na vida passa, as coisas boas e as ruins também passam, precisamos lembrar a nós mesmos, e àqueles que nos cercam, que este tempo vai passar".

De acordo com a SPMS outras medidas que podem ser adotadas para  .manter a saúde mental são: estabelecer limites, manter-se informado, mas evitar excesso de informações, usar a tecnologia ao seu favor, buscando cursos e jogos online, procurar fazer atividades que lhe proporcionem prazer, fazer atividades físicas em casa, ler bons livros, assistir filmes, organizar aquele cantinho que você estava sem tempo para arrumar e por fim viva um dia de cada vez.