05 de dezembro de 2020
Campo Grande 30º 24º

CAÇADA

Suspeito de homicídio teria convidado vítima para caçar tatu em sítio

Policiais do Serviço de Investigações Gerais da Delegacia de Polícia Civil de Iguatemi prenderam o suspeito de homicídio ocorrido no dia 19 de março, quando um homem de 34 anos desferiu cerca de quatro facadas na vítima de 32 anos.

Segundo as investigações, o suspeito teria planejado o crime e armado uma emboscada para a vítima chamando o mesmo para caçar tatu em um sítio. 

No trajeto distante da área urbana, o suspeito aproveitando-se que a vítima estava na sua frente distraído, desferiu a primeira facada em suas costas e após o mesmo cambalear e cair, montou por cima e desferiu mais três facadas no peito e pescoço.

O acusado foi capturado pela polícia na sexta-feira (3). O crime ocorreu em uma área de pastagem aproximadamente 700 metros da área urbana e teria sido presenciado por uma testemunha, sendo que a mesma já prestou depoimento na Polícia Civil. 

Os investigadores apuraram que o suspeito ameaçou uma testemunha e estava prestes a fugir para uma fazenda em outro município.

O homem foi preso preventivamente e irá responder pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil, cuja pena pode chegar a 30 anos de prisão.