27 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

TRAGÉDIA

Trens da SuperVia batem em São Cristóvão

Um maquinista está preso às ferragens; outras sete vítimas foram socorridas no Hospital Souza Aguiar

A- A+

Dois trens da SuperVia se chocaram violentamente, na manhã desta quarta-feira, na estação de São Cristóvão, na Zona Norte do Rio. A colisão aconteceu no ramal de Deodoro, sentido Zona Oeste, por volta das 6h30. Um maquinista está preso às ferragens. Outras sete vítimas foram socorridas no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, com ferimentos leves.

A diarista Andréia Mathias, de 43 anos,  estava no último vagão do trem que bateu, e chegou a cair no chão por causa da colisão. "Muita gente se assustou com o barulho e a gente começou um a ajudar o outro. Eu só cai. Graças a Deus foi um grande livramento", relembra ela, que embarcou na Central e iria soltar em São Cristóvão, dizendo que o trem não estava cheio.

Acidente aconteceu por volta das 6h30. Foto: Rafael Nascimento / Agência O DIA 

De acordo com informações iniciais, o acidente aconteceu por que um trem  saiu da Central e bateu em outro que estava parado em São Cristóvão. O primeiro não teria sido avisado de que o outro estava na estação. Há relatos de que houve falhas na sinalização e dos controladores.

Os vagões dos trens envolvidos na colisão ficaram bastante danificados, atingindo a mureta da linha férrea e a fiação. A batida foi tão forte que o chassi de um dos trens foi arrancado. Um deles descarrillou. Três quartéis dos Bombeiros foram acionados para prestar socorro às vítimas: Praça da Bandeira, Quartel Central e Vila Isabel.

A doméstica Marcielle Delfino, de 30 anos, disse que "todo dia tem problema" com os trens da SuperVia. Ela já foi vítima de um descarrilamento da concessionária. "Não dá mais para aturar a SuperVia. Está cada dia pior. Os trens não param nas estações, dão pane, não funcionam o ar, as pessoas passam mal, isso quando não temos que descer no meio do trilho e andar até a estação", reclama.

Vagões ficaram bastante danificados. Foto:  Reprodução / Informações RJ

Por causa do acidente desta quarta, a SuperVia informou que os trens do ramal de Deodoro estão com intervalos irregulares e não estão parando na estação Praça da Bandeira, no sentido Deodoro, e na estação São Cristovão, no sentido Central do Brasil. "Os passageiros estão sendo informados pelos canais de comunicação da concessionária. A empresa está instaurando uma sindicância para apurar as causa do acidente", a concessionária avisou, através de nota.

A Agetransp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes Aquaviários, Ferroviários e Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro) informou que a companhia poderá ser multada por causa do acidente. "Equipes técnicas foram enviadas à estação para fazer o levantando de local do acidente. Além das causas da colisão, também será objeto de análise pela agência reguladora a adequação do atendimento prestado aos usuários pela concessionária SuperVia e dos procedimentos adotados para o restabelecimento da normalidade na operação comercial dos trens", disse, em nota.

Vídeos feitos na estação mostram a situação no local; assista!