22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

CLIMA | MS

Três cidades passam do esperado e MS soma mais de 2 mil milìmetros de chuva

Apesar dos grandes estragos em fevereiro choveu menos que em janeiro, diz especialista

A- A+

O mês de fevereiro em Mato Grosso do Sul já acumula 2.374,8 milímetros de chuva registrados nas 29 estações do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) em funcionamento no Estado. Os dados foram divulgados nesta 5ª-feira (18.fev) e aponta que Santa Rita do Pardo, Porto Murtinho e Aquidauana foram as áreas com maiores acumulados para fevereiro. 

O volume esperado para Santa Rita do Pardo era de 175,6mm mas já choveu 241,4 mm, enquanto em Porto Murtinho que esperava 126 mm o acumulado soma 161,4 mm, e Aquidauana que esperava 157,2 mm já registra 170 mm.

A chuva do feriado de carnaval foi intensa e provocou estragos estruturais em diversos municípios, alguns registrados pela primeira vez, como em Corguinho, que deixou 250 pessoas ilhadas e quatro pontes foram destruídas com a força da água.

Conforme análise do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) aos dados da Agência de Meteorologia e Oceanografia dos Estados Unidos (NOAA) o volume diário de chuva em Corguinho foi de 60 mm/dia, ou seja, para uma cidade pequena - 6 mil habitantes conforme o IBGE - é um volume considerável para pouco tempo e espaço de escoamento. 

Ainda assim, a coordenadora do Cemtec, Franciane Rodrigues afirma que o volume registrado na primeira quinzena de fevereiro, está bem distante dos acumulados registrados em janeiro. “No comparativo com o mesmo período do mês passado, o primeiro mês de 2021 foi bem mais chuvoso”. 

Dados de climatologia do Instituto Nacional de Meteorologia já apontavam que o volume de chuvas ficaria acima da média histórica, de 150 a 200 milímetros, para fevereiro. O esperado para todo mês varia entre 200 a 230 milímetros, com possibilidade de a região do bolsão ser a mais chuvosa.