20 de setembro de 2020
Campo Grande 27º 19º

PARADA CARDÍACA

VÍDEO: cantor sertanejo Juliano Cezar morre durante show no Paraná

Imagens mostram o momento em que o artista passa mal e cai no palco

Cantor e compositor sertanejo Juliano Cezar, conhecido como Cowboy Vagabundo, morreu na madrugada dessa terça-feira (31) durante apresentação de um show em Uniflor, no interior do Paraná. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do artista. O artista canta, em determinado momento coloca a mão no joelho demonstrando estar passando mal, cai. Pessoas tentam ajudar e fecham a cortina. 

A assessoria do cantor informou pela manhã de hoje que o sertanejo sofreu uma parada cardiorrespiratória, chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Juliano Cezar tinha 59 anos, era casado e não tinha filhos. Ele somava 30 anos de carreira.  Gravou 12 álbuns e três DVDs, é o autor da canção Rumo a Goiânia, foi o primeiro a interpretar 'Não Aprendi Dizer Adeus' de Joel Marques, sucesso que ficou conhecido nas vozes da dupla Leandro e Leonardo.

Juliano ganhou o Prêmio Sharp como revelação e foi indicado ao Grammy Latino na mesma época em que gravou "Não Aprendi Dizer Adeus". A sua morte  durante o show provocou comoção entre os fãs. "Eu estou chocada demais porque fui no último show do Juliano Cezar", escreveu uma das fãs. "Presenciei ele morrer em Uniflor", contou outro fã.

Seus grandes sucessos foram "Cowboy Vagabundo" e "Bem aos Olhos da Lua".  Antes da carreira artística, Juliano Cezar foi peão de rodeios e fazendeiro.

VEJA O VÍDEO

VELÓRIO E ENTERRO

O corpo do Juliano Cézar será velado em Ribeirão Preto (SP), onde morava, das 18h de terça-feira até as 9h de quarta-feira (1º).

Na quarta, haverá outro velório, do meio-dia às 15h, em Passos (MG) – cidade natal do cantor. O corpo de Juliano Cezar será enterrado em Passos.