27 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

TRISTEZA

Vídeo: enfermeiros dormem no chão de hospital de campanha da Covid-19

"A gente é bicho", diz uma mulher ao falar da situação

Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, nessa quarta-feira (13.maio), o relato de enfermeiros do Rio de Janeiro durante a pandemia do novo coronavírus causou indignação.

Nas imagens, gravadas pelos próprios profissionais de enfermagem, é possível ver algumas pessoas deitadas em colchões, no chão do Hospital de Campanha do Maracanã, “a gente é bicho”, diz uma mulher ao falar da situação. O relato foi gravado após cinco dias da inauguração do espaço que recebe vítimas da Covid-19.

O caso que chocou a internet começa com um desabafo: “Isso é uma falta de consideração com o pessoal da enfermagem. Olha só, desumano”, afirma uma enfermeira, ao mostrar os colchões no corredor da unidade.

VEJA AQUÍ O VÍDEO 

Ao ter conhecimento das imagens, a Secretaria de Estado de Saúde afirmou que a situação é "inadmissível" e mandou uma equipe ao local para que qualquer inadequação seja resolvida imediatamente. O órgão afirmou ainda que vai notificar a organização social Iabas, que é a responsável pela unidade.

O Iabas informou em nota que há condições iguais de descanso e dormitório para todos os colaboradores, médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, e pessoal administrativo. De acordo com a organização social, as imagens se referem a um treinamento de enfermeiros no Pavilhão B que, segundo ela, ainda não foi aberto, e os dormitórios estavam fechados.

"Houve um erro de preparação para atender esse tipo de demanda que não se repetirá. A preocupação maior naquele momento foi com o treinamento dos colaboradores. É importante frisar que as imagens não se referem a algo recorrente, foi um problema pontual já contornado", explicou a organização.