23 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 20º

Cerâmica artesanal em Bonito traz fauna e flora da região

Portal Bonito

thumb_foto

Ambiente bem decorado, grande acervo de produtos, peças resistentes e figuras que remetem à região de Mato Grosso do Sul. Essa é o conceito da Udu, produção de cerâmica artesanal.

A fábrica-loja, localizada na região central de Bonito (MS), produz peças como canecas, pratos, vasos, móbiles, refratários e artigos de decoração.

Sinéia Milano, sócio-proprietária da marca, relata que o nome escolhido se deve ao símbolo da cidade ser a ave Udu. A intenção era transformar a cerâmica com características tipicamente regionais, por isso a fauna e flora da região são exploradas nos desenhos que ilustram as peças.

"A argila vem de Guia Lopes da Laguna e do Paraná. Tudo é muito natural, você tira esmalte da terra, você queima o material com fogo, as cores são da natureza", lembra Sinéia.

Segundo Shoichy Yamada, gerente de produção, o processo é conhecido como cerâmica de alta temperatura. São duas queimas: a primeira a 800ºC, seguido da aplicação do esmalte cru com minerais moídos, depois a segunda a 1.280ºC, que garante a cor e a resistência dos produtos.

O ceramista veio de São Paulo para Bonito em 2012, mas trabalha com essa técnica há mais de 30 anos. Ele é responsável pela liga do material e pela capacitação dos novos funcionários.

Atualmente são 5 colaboradores na fábrica. Sinéia conta que apesar de sempre ter trabalhado com ações sociais, essa é a melhor maneira de colaborar com a sociedade. "O emprego regular com carteira assinada, décimo terceiro, férias, contribui mais. Aqui eles aprendem as técnicas milenares japonesas e levam isso como profissão", destaca.