03 de agosto de 2020
Campo Grande 31º 18º
RESPEITO À VIDA RAMAL ASSEMBLEIA

Denuncia sobre o SAMU de Dourados é protolocada no Ministério Público Federal

Os secretários municipais de Saúde, Sebastião Nogueira e de Administração João Azambuja terão que dar explicações ao Ministério Público Federal cobre a suspensão do conserto das ambulâncias do SAMU (Serviço de Atendimento Movel de Urgência) de Dourados depois que circulou um Comunicado Interno entre eles suspendendo o conserto das ambulâncias.

A denúncia foi feita pela vereadora Virginia Magrini, (PP) que entrou com uma representação no MPF (Ministério Público Federal) contra os secretários Segundo Virginia, na CI n°2022/2013, de 03 de setembro desde ano, o secretário de Administração suspende a realização de consertos em todos os veículos das diversas secretarias, inclusive as ambulâncias e viaturas do Samu.

Na representação feita ao MPE, a parlamentar alega que há mau uso do dinheiro público, além dos danos causados a população que precisa dos atendimentos feitos pelas ambulâncias e viaturas do Samu. Para Virginia Magrini, que tem denunciado as mazelas ocorridas na Saúde em Dourados, os administradores da cidade estão ‘passando por cima’ até mesmo da Constituição Federal.

A vereadora solicitou ao MPF que seja feita uma investigação nas pastas e que os responsáveis por tais atitudes contra a população respondam em uma ação penal.

Nicanor Coelho, de Dourados