13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Três Lagoas

Descaso na saúde deixa mulher debilitada e com riscos de morte

A- A+

Uma mulher de 52 anos que aguarda um encaminhamento da Secretaria de Saúde de Três Lagoas para realizar fazer uma cirurgia na capital ainda enfrenta problemas diários e está com sua saúde debilitada, tendo riscos de sofrer um infarto fulminante.

Segundo a família, diariamente a paciente precisa ir até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para ser medicada e na noite desta quarta-feira (22) em mais uma noite de rotina na unidade médica, a mulher foi medicada e ao seguir para sua residência passou mal e teve que ser transportada até o Hospital Auxiliadora após sentir fortes dores no tórax.

O problema cardíaco da mulher se agrava a cada dia e enquanto a Secretaria de Saúde de Três Lagoas não libera um encaminhamento para que ela – paciente – possa realizar o procedimento cirúrgico, acaba ficando desta forma, dependendo dos “quebra galhos” diários para conseguir manter-se viva.

“É tão simples dar um encaminhamento pra ela fazer esta cirurgia em Campo Grande. Eu não entendo como esta prefeitura gasta com tantas coisas desnecessárias e do outro lado, deixa o povo de Três Lagoas morrer aos poucos com este descaso que vem acontecendo na saúde pública da cidade. Estou revoltado com esta gestão do PMDB”, desabafou um familiar.